Vacinação no Rio / Divulgação: Prefeitura

Entre janeiro e março, os surtos e casos de Covid-19 nas instituições de longa permanência (ILPI) para idosos ou pessoas com deficiência tiveram uma redução de 80%. Em janeiro, foram sete surtos e um total de 41 casos. Em fevereiro, quatro surtos e 21 casos. Em março, dois surtos e oito casos. A vacinação dos moradores e funcionários das ILPIs aconteceu em janeiro, na primeira etapa da campanha de imunização. A grande maioria desse público já tomou as duas doses da vacina, o que explica a redução dos surtos.

Além disso, segundo o levantamento da Subsecretaria de Vigilância em Saúde (SVS) da Secretaria de Estado de Saúde (SES), as internações e os óbitos de idosos acima de 80 anos diminuíram no primeiro trimestre de 2021, também após a vacinação. As reduções relativas ao período chegam a 49% nas internações e a 44% nos óbitos decorrentes de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) de pacientes acima de 90 anos.

Com a chegada de novo lote da Oxford/AstraZeneca na quarta-feira, a vacinação segue esta semana pelo calendário anunciado. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) conta com as próximas entregas previstas no cronograma do Ministério da Saúde para seguir com a imunização na semana que vem.

Neste sábado (17/04), a SMS conclui a vacinação dos profissionais de saúde a partir de 50 anos, e das pessoas de 62 anos para cima. Em mais uma semana, a imunização estará completa para todos os grupos etários de idosos. No dia 26 começa, então, um novo calendário, incluindo, conforme idade, os portadores de comorbidades, pessoas com deficiência e algumas categorias profissionais, como as de forças de segurança e da educação.

Até o momento, 1.196.032 pessoas foram vacinadas com pelo menos a primeira dose das vacinas contra o coronavírus, o que representa 82,1% dos idosos, ou 17,7% da população.

A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza mais de 250 pontos de vacinação na cidade de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. As pessoas na faixa etária indicada no calendário podem se dirigir à clínica da família ou centro municipal de saúde mais próximo de sua casa, ou a um dos seguintes pontos extras: Planetário da Gávea, Tijuca Tênis Clube, Museu da Repu?blica (Catete), Paróquia Nossa Senhora do Rosário (Leme), Casa Firjan (Botafogo), Jockey Club Brasileiro (Gávea), Hotel Fairmont (Copacabana), Museu da Justiça (Centro), Cidade das Artes (Barra da Tijuca), Museu do Amanhã (Centro), Imperator (Méier), quadra do Cacique de Ramos (Olaria), quartéis do Corpo de Bombeiros (Humaitá, Copacabana e Barra da Tijuca), Museu Conde de Linhares (São Cristóvão), Club Municipal (Tijuca), Palácio Duque de Caxias (Centro) e Vila Militar (Deodoro), este último tanto para pedestres quanto no sistema drive-thru para idosos. Os outros postos drive-thru funcionam das 9h às 15h no Parque Olímpico (Barra da Tijuca) e Sambódromo (Santo Cristo).

Já neste sábado (17/04), a vacinação ocorre das 8h às 12h nas clínicas da família e centros municipais de saúde e nos pontos de vacinação da Vila Militar, do Museu Conde de Linhares, do Palácio Duque de Caxias, do Museu da República, do Jockey Club Brasileiro, da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, dos quartéis dos bombeiros de Humaitá, Copacabana e Barra da Tijuca e do Imperator. Os postos no sistema drive-thru também funcionarão das 8h às 12h, além de no Sambódromo, no Parque Olímpico e na Vila Militar, também na Cidade Universitária da UFRJ (Ilha do Fundão), no Estádio do Engenhão (Engenho de Dentro) e no Parque Madureira.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui