Após ação do Procon, Ipiranga muda campanha publicitária em todo o país

O Grupo Ipiranga Produtos de Petróleo S.A. assinou um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com o Procon Estadual do Rio de Janeiro, alterando assim a campanha publicitária com o slogan “Abastece Aí”. Segundo os fiscais da entidade, a mensagem veiculada nos postos do grupo induzia os consumidores ao erro.

A ação de fiscalização do Procon que gerou este TAC foi baseada em denúncia de um consumidor. Ao abastecer em um posto Ipiranga, um aposentado percebeu que o preço da gasolina era diferente do anunciado no enorme cartaz que o chamou sua atenção para utilizar aquele estabelecimento. O funcionário explicou, no entanto, que a oferta era apenas para clientes que efetuassem a compra de combustível através do aplicativo “Abastece Aí”, que faz parte do programa de fidelidade “Km de Vantagens Ipiranga”.

O consumidor não tinha conhecimento de forma clara, precisa e ostensiva de quanto de fato deveria pagar de gasolina ou etanol se não usasse o aplicativo. A fiscalização então realizou a Operação Ilusão de Ótica e notificou 10 dos 15 postos vistoriados por propaganda enganosa.

Com o TAC assinado, além de adequar a publicidade da campanha em todo o país, o Grupo Ipiranga se comprometeu em apoiar o Procon Estadual do Rio oferecendo cursos de capacitação e equipamentos para os fiscais do órgão. Este foi o primeiro Termo assinado pelo nova gestão do Procon-RJ, iniciada este ano com o novo governo.

De acordo com a Diretoria Jurídica do Procon-RJ, este novo material publicitário esclarece o consumidor de forma satisfatória sobre o produto ofertado pelo aplicativo e sobre o seu valor, se for adquirido de forma tradicional. “A Atitude da empresa demonstrou a preocupação e o respeito que ela possui pelos consumidores”, afirmou o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho.

<

Além da adequação do material publicitário, o TAC estabelece que o Grupo Ipiranga oferecerá gratuitamente aos fiscais do Procon Estadual um curso técnico com certificado no laboratório da empresa e o fornecimento de equipamento adequado à realização de testes para verificar se o combustível está ou não adulterado. O Grupo Ipiranga também fornecerá dois automóveis em comodato ao Procon-RJ, pelo prazo de um ano, para auxiliar os fiscais nas ações de vistoria.

1 COMENTÁRIO

  1. Pagaram e não foram autuados por propaganda enganosa.
    É assim que a impunidade avança…
    Vergonhoso!
    Procon é tão bonzinho, né?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here