Bandeira do Rio de Janeiro sobre caixas da CoronaVac — Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (18/01), por volta de 14h30, o governo do Rio de Janeiro afirmou que parte do primeiro lote de vacinas contra a Covid-19 chegará ao estado às 16h. Inicialmente, a previsão era que fossem entregues às 13h, porém houve um atraso na chegada das mais de 487 mil unidades que foram destinadas pelo Ministério da Saúde.

Nesta manhã, o governador em exercício do RJ, Cláudio Castro (PSC), foi a São Paulo com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Em Guarulhos, ele posou para fotos com as caixas que supostamente viriam para o estado e anunciou que a vacinação seria às 17h, no Cristo Redentor.

Entretanto, Castro chegou à capital em um voo de carreira às 13h e sem vacinas. Ele tinha marcado uma entrevista coletiva no Aeroporto no Santos Dumont, que foi cancelada devido ao atraso na entrega.

A previsão do estado era que as vacinas chegassem ao Rio no início desta tarde no aeroporto do Galeão, de onde seguiriam para a central da secretaria de Saúde em Niterói. De lá, as doses seriam distribuídas para todo o estado. Uma cerimônia de lançamento da vacinação estava marcada para as 17h no Cristo Redentor, evento que agora corre risco de não ser realizado.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui