Após denúncia de moradores, rua na Ilha do Governador ganha sinalização

Em março, o DIÁRIO DO RIO recebeu reclamações sobre a falta de segurança na Rua Tenente Cleto Campelo, que é zona escolar; quatro meses depois, via recebe faixas de redução de velocidade

Foto: Diário do Rio - Estéfane de Magalhães

No último dia 11/03, o DIÁRIO DO RIO recebeu uma denúncia de moradores da Ilha do Governador, Zona Norte da capital fluminense, sobre a falta de sinalização e faixas de pedestres em uma localização do bairro, mais precisamente na Rua Tenente Cleto Campelo. Quatro meses após a cobrança e apuração da reportagem, a via recebeu mudanças.

A Tenente Cleto ganhou uma sinalização horizontal, linhas de redução de velocidade, malha de cruzamento e inscrição ”Pare”. As faixas eram muito pedidas pelos moradores da Ilha pela rua ser uma zona escola, próxima de duas escolas públicas, Abeilard Feijó e Conjunto Praia da Bandeira, e uma particular da rede COC.


A redação do DIÁRIO DO RIO entrou em contato novamente com a Subprefeitura das Ilhas e eles informaram que a vistoria do entorno do local foi realizada com equipes da CET-RIO e que a sinalização também foi reforçada em vias próximas, sendo elas: ruas Rua Graná, Mareante, Capitão Barbosa e Cândido de Oliveira Filho.

“A expectativa é de que a questão do ordenamento no trânsito seja resolvida dessa forma, sem a necessidade da instalação de mais um sinal luminoso na via, uma vez que já há dois sinais na Rua Capitão Barbosa, a 70 e 100 metros, respectivamente, do cruzamento”, conclui a assessoria da Subprefeitura das Ilhas.

A assessoria da CET-Rio afirma que embora não seja emergencial um sinal luminoso na rua, está sendo realizado um estudo para a implantação futura de um semáforo na Tenente Cleto Campelo e cruzamento de informações entre os sinais próximos.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui