Baródromo (Foto: Arte/Divulgação)

Dois meses após fechar as portas na Lapa, região central do Rio, pela impossibilidade de adequar o antigo espaço ao chamado “novo normal‘, condição gerada pela pandemia do Coronavírus, o Baródromo, um dos bares mais cariocas e queridos do Rio pode reabrir na Tijuca, na Zona Norte da cidade.

O novo espaço já tem até endereço, uma casa de esquina na Rua Dona Zulmira, em frente à Praça Niterói, trecho da Tijuca próximo ao Maracanã, Uerj e da Praça Vanhargem. Para que isso aconteça, os proprietários lançaram uma campanha de financiamento coletivo, a popular ‘vaquinha virtual‘, baseado na ideia de contribuições de consumo antecipado. A meta é alcançar R$ 213 mil, em contribuições que vão de R$ 20 a R$ 200. O valor doado é revertido integralmente em consumo quando o bar estiver funcionando, com direito a prêmios e recompensas. Para saber mais detalhes e participar, visite o site.

A empolgação é tanta que até no site para arrecadar recursos já existe uma arte com uma arte projetando o Baródromo na região.

Com menos de cinco anos de funcionamento, a tradicional casa dedicada a cultura e a memória do Carnaval no Rio se tornou uma referência para os amantes da maior festa popular do planeta.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui