Aumenta o número de pessoas que acham o governo Paes ótimo ou bom

Entre os dias 27 de junho e 4 de julho de 2022, o Instituto Rio21 ouviu 1340 moradores da capital para avaliar a gestão da Prefeitura nas suas principais frentes de atuação

Foto: Fábio Motta

Texto de Ana Flávia Assumpção (Diretora da Pesquisa) e Felipe Lamarca (Assistente de Pesquisa)

O Instituto Rio21 foi a campo pela 4ª vez para dar continuidade à série histórica de avaliação do governo do Prefeito Eduardo Paes da cidade do Rio de Janeiro. O monitoramento, realizado periodicamente em frequência trimestral, tem a intenção de compreender, ao longo do tempo, a percepção da população carioca sobre as ações do governo e suas expectativas.

Entre os dias 27 de junho e 4 de julho de 2022, o Instituto Rio21 ouviu 1340 moradores da capital para avaliar a gestão da Prefeitura nas suas principais frentes de atuação: saúde, educação, assistência social, transportes, meio ambiente, conservação urbana e, considerando o contexto atual, a gestão da pandemia. Os dados, além de identificarem pontos de atenção da gestão e o que ainda pode ser melhorado, também sugerem que a imagem da Prefeitura melhorou razoavelmente entre os cidadãos cariocas, agora em Julho de 2022, desde a última pesquisa, em Março de 2022.

A avaliação positiva da gestão do Prefeito Eduardo Paes apresentou crescimento: em Março, apenas 25,4% dos cariocas avaliavam a gestão como Ótima ou Boa, hoje, em julho de 2022, esse percentual é de 32,1%.

Esse acréscimo percentual faz parte de um conjunto mais amplo de melhoria generalizada nos índices de avaliação da gestão, inclusive nas áreas mais específicas da administração municipal. Este é um padrão que contrasta com os dados detectados pelo monitoramento de março deste ano, quando a tendência era de insatisfação da população carioca em relação à Prefeitura. Em todos os casos, os percentuais de avaliação positiva em julho de 2022 foram maiores que os percentuais de 3 meses atrás.

A gestão da pandemia é destaque no que diz respeito às avaliações positivas da gestão. Em março de 2022, este já era o percentual mais alto de avaliação Ótima/Boa que a Prefeitura alcançou, com 37,8%. Na pesquisa mais recente este padrão se repete, mas com um percentual ainda mais alto: 54% dos cariocas avaliaram a gestão da pandemia como Ótima/Boa. Isso representa um aumento de 16,2 pontos percentuais.

Assim como no monitoramento de março deste ano, o segundo melhor desempenho da Prefeitura ficou a cargo da gestão da saúde. Novamente houve uma melhora na avaliação entre as duas edições da pesquisa, nesse caso um aumento 3,8 pontos percentuais.

A gestão da conservação urbana e patrimonial também apresentou acréscimo de avaliações positivas. Na pesquisa de março de 2022, aproximadamente 1 a cada 5 cariocas avaliava a atuação da prefeitura como positiva nesse âmbito; hoje, aproximadamente 1 a cada 4 avalia desse modo. A melhora na avaliação pode ser um reflexo das ações realizadas pela Secretaria de Conservação, como o processo mais recente de revitalização dos Arcos da Lapa, da Quinta da Boa Vista e de programas mais gerais, a exemplo do Asfalto Liso.

A gestão da educação, que havia sofrido uma queda de mais de 10 pontos percentuais na avaliação positiva entre novembro de 2021 e março de 2022, começou a apresentar recuperação. Agora, aproximadamente ¼ dos cariocas avalia a atuação da Prefeitura como Ótima ou Boa nesta área.

A avaliação da administração municipal em relação à preservação ambiental também apresentou recuperação, desta vez, de pouco mais de 5 pontos percentuais. A melhora na avaliação desse setor pode ter a ver com os esforços da Secretaria de Meio Ambiente para expandir as unidades de conservação. No início de junho, por exemplo, foi inaugurada a quinta unidade da gestão. Localizada entre Campo Grande e Santíssimo, a unidade protege uma importante área de 171,56 hectares e perímetro de 11,95 quilômetros.

A avaliação da assistência social também melhorou. Agora os níveis voltam a estar mais próximos daqueles registrados no monitoramento de novembro de 2021, quando, assim como em julho de 2022, aproximadamente 1 a cada 5 cariocas avaliava a gestão da assistência social como positiva. O crescimento em relação à pesquisa realizada em março de 2022 foi de 4,7%.

Seguindo o padrão da série histórica, os transportes seguem sendo o principal ponto de dor da população carioca entre as áreas avaliadas. A avaliação positiva apresentou uma discreta recuperação entre março e julho de 2022. Atualmente, 11% dos cariocas afirmam que a gestão dos transportes por parte da Prefeitura é Ótima ou Boa.

Um dos fatores recentes que pode ter contribuído para essa melhora é, por exemplo, o retorno de algumas linhas de ônibus que haviam desaparecido durante a Pandemia e a criação de outras novas. O Diário do Rio publicou recentemente uma matéria sobre o assunto.

Contudo, os dados da edição de julho desta pesquisa mostram que, apesar dos esforços, a gestão municipal ainda tem um longo caminho a percorrer para alcançar uma avaliação positiva relevante entre os cariocas.

Vale salientar que a maioria das Secretarias que atuam na gestão municipal da cidade do Rio de Janeiro mantém atividade constante nas redes sociais, em especial o Instagram. A apresentação frequente das atividades realizadas por estes órgãos públicos certamente contribui para que a população carioca conheça melhor o trabalho da gestão e possa avaliar conforme suas opiniões.

O gráfico abaixo mostra a avaliação em cada área de gestão municipal aqui apresentada em todas as edições da pesquisa, isto é, nos meses de agosto e novembro de 2021 e março e julho de 2022.

A pesquisa completa encontra-se para download neste link. O material compila todos os dados sobre a avaliação dos cariocas a respeito da atuação da Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro.

Nos próximos dias serão divulgados os demais resultados da 4 edição desta pesquisa.

Advertisement

8 COMENTÁRIOS

  1. Pesquisa farjuta e furada a cidade continua as traças em tudo transporte e um caos a unica coisa que anda mais ou menos bem e o VLT a o URBE porque não tem a mão do DUDU PAESPALHO pois se tivesse seriam outra porcaria .

  2. Um absurdo esta pesqueisa,para quem não tem vergonha na cara! Quantos moradores tem o Rio? FAKENEWS,VOCES VIVEM DISSO! È SÓ OLHAR ESSSA GESTÃO! O Centro da Cidade, a qualidade dos transportes!Isso é que é puxar sardinha e forçar a barra para quem quer ser candidato a Presidencia da República kkkkkkkkkkk Me engana que eu gosto! Mas estou melhor informado que voces!É melhor cuidar do Hotel Glória,que nunca foi residencial e nunca recebeu atenção do IPHAN. Uma hora apedrejam o Dudú,outra fazem o jogo dos bobalhões yuppies da cidade…Ora deixem de bobagem….e melhorem este Jornal, a sua credibilidade!Vergonhoso!

  3. Péssima gestão. Lamentável. Saúde está um caos, servidores sofrendo com salário defasado. Clinicas de família péssimas, nunca tem médico. Pacientes insatisfeitos, mas isso não é fiscalizado e investigado. Escolas caindo aos pedaços. Enfim…

  4. Média de 32% ótimo e bom, sendo que apenas um dos indicadores avaliados, combate a pandemia puxa para cima o indice geral. No geral, sempre perto dos 20%. E transporte com míseros 10%…Pra ficar ruim tem que melhorar muito. Hoje, este governo é cópia mal tirada do terceiro mandato de Cesar Maia (2005-08) onde seu padrinho foi mais César do que nunca. O momento da prefeitura é executar o que puder, doa a que doer, sem ouvir os anseios de ninguém. Vocês reclamam e querem obra? Obra goela abaixo! Que passem as eleições e o ritmo e a eficiência melhorem, quem sabe melhora a popularidade…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui