Campo Grande é o bairro mais extenso e que tem o maior contingente populacional da cidade do Rio de Janeiro. Para chegar a abrigar tanta gente, a região passou por muitas mudanças e histórias. E quase se tornou uma cidade.

Antes da fundação da cidade do Rio de Janeiro, a região de Campo Grande era habitada por índios da tribo Picinguaba. Após 1565, esse território passou a pertencer à grande Sesmaria de Irajá. O local passou por círculos rurais, como o da cana-de-açúcar, da laranja, da criação do gado bovino até chegar a um processo de leve industrialização e culminar tendo no comércio local sua maior atividade econômica.

Em meio a todos esses anos e mudanças, por quase sempre ter autonomia econômica, além de um grande território e população, surgiu o tema da emancipação do bairro.

Em 1968, o então governador do estado da Guanabara, Francisco Negrão de Lima, promulgou a Lei 1627/68 reconhecendo a localidade de Campo Grande como cidade.

“Lei número 1.627, de 14 de junho de 1968, projeto do deputado Frederico Trotta. O governo do estado da Guanabara, faço saber, que a assembléia legislativa do estado da Guanabara aprovou o projeto de lei número: 181, de 1967 e eu promulgo, de acordo com o artigo 26, 3°, da constituição do estado, a seguinte lei: Art. 1° – É reconhecida como “Cidade” a localidade de Campo Grande, passando a denominar-se Cidade de Campo Grande. Art. 2° – Esta Lei entrará em vigor, na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Rio de Janeiro, 14 de Junho de 1968 – 80° da república e 9° do estado da Guanabara. Francisco Negrão de Lima, Álvaro Americano, Arnaldo Salgado Mascarenhas, Gonzaga da Gama Filho, Althemar Dutra de Castilho, Humberto Braga, Cotrin Neto, Raymundo de Paula Soares, Hildebrando Monteiro Marinho, Luiz de França Oliveira, Augusto do Amaral Peixoto, Dirceu de Oliveira e Silva, Victor de Oliveira Pinheiro e Lecy Neves”, informa o texto histórico. 

Apesar da lei, Campo Grande seguiu sendo considerado um bairro. Como é até os dias de hoje. Por quê?  Pesquisadores alegam que simplesmente foi “uma lei que não pegou” e também não houve tanta pressão de gente influente para “forçar uma barra”.

“O Brasil tem essa situação de leis que são assinadas e teriam que começar a valer, mas simplesmente nada muda. Vale, mas não vale. Além disso, a decisão do então governador Negrão de Lima não teve tanto lobby de empresários, políticos poderosos, foi uma coisa mais motivada pelo tamanho do bairro, da estrutura econômica quase que independente do restante da cidade e do número populacional, portanto, talvez não houvesse grandes interesses eleitoreiros e/ou econômicos para a região. Acredito que a questão do Estado da Guanabara e a confusão que gerou à época, pesou também para a lei não se concretizar, de fato. Isso sem contar uma possibilidade de conflito maior caso essa tentativa de emancipação fosse adiante, acabou fazendo com que tudo fosse amenizado e a ideia caísse num esquecimento geral “, explica o historiador Carlos Costa.

SERGIO CASTRO - A EMPRESA QUE RESOLVE, desde 1949
Com mais de meio século de tradição no mercado imobiliário do Rio de Janeiro, a Sergio Castro Imóveis – a empresa que resolve contribui para a valorização da cultura carioca

75 COMENTÁRIOS

  1. Quase defendi uma tese na faculdade de geografia falandó sobre a emancipação de Campo grande. Considero que tênis tudo para ser uma grande codade: Território, população, Grandes empresas e Bastos centros comerciais. Geraria uma arrecadação monstruosa. Conserteza teríamos uma cidade muito melhor que o Rio de Janeiro

  2. ESTAÇÃO DE TREM SUBTERRÂNEA E UM CAMELÓDROMO MAIS DESCENTE, PORQUE NINGUÉM MERECE SUBIR AQUELA ESCADARIA E TENTAR ENTRAR NUM LUGAR TÃO NOJENTO COMO O CAMELÓDROMO, CAMPO GRANDE MERECE COISA MELHOR.

  3. Campo Grande deveria ter a estação ferroviária subterrânea para acabar com o túnel de pedestres e ficar tudo livre para se transitar, ninguém merece subir aquelas escadarias, além de melhorar o camelódromo atrás da rodoviária com um prédio descente, aquilo é um lixo.

  4. Acho que a.gente não d via ter permitido tanta mudança, que nada foi pra melhor. Deveríamos ter conservado a ” bucólica Cpo Grande”. Os políticos daqui nunca fizeram nada pelo bairro. Não devemos contar com eles. Temos que lutar pra preservar o pouco que resta. Ainda é um bom lugar pra se viver. O principal pra nós é transporte de qualidade para o centro e principalmente para a zona norte. Duas regiões que se completam mas não têm ligação via transporte. Conheço muita gente que mora aqui e trabalha na zona Norte e ama as duas. Eu sou uma delas!

  5. Campo grande, meu bairro querido, quem mora aqui sabe que esse já foi um dos lugares melhor para morar, mas atualmente é só decepção, um lugar totalmente abandonado por culpa dos próprios moradores, que continua a acreditar nos mesmos políticos de sempre, continuam reelegendo os mesmos que prometem e nunca cumprem, e sempre vem com as mesmas conversas de sempre, enquanto o que eles querem é continuar na mordomia de sempre, e o pior de tudo é que são pagos por nós, não usam o transporte público, hospitais públicos, escolas públicas, enfim muitos nem moram mais aqui, o que precisamos é fazer uma renovação geral, e esquecer desses vagabundos que a maioria já está rica com dinheiro desviado do município e do estado, e nem pensar em votar em esquerdopatas, isso porque, estamos vendo o que eles querem para o país, simples assim, desperta povo !!!

  6. Cúmpo Grande, pilicada pesteira…. Sendo um “bairro” já faz tanto MAL ao estado do Rio de Janeiro, imagine se fosse uma CIDADE?! Putz… E ainda tem uns vacilões aqui apoiando os pilicos pesteiros!!! ??

  7. Cúmpo Grande, pilicada pesteira…. Sendo um “bairro” já faz tanto MAL ao estado do Rio de Janeiro, imagine se fosse uma CIDADE?! Putz… E ainda tem uns vacilões aqui apoiando os pilicos pesteiros!!! ??

  8. Cúmpo Grande, pilicada pesteira…. Sendo um “bairro” já faz tanto MAL ao estado do Rio de Janeiro, imagine se fosse uma CIDADE?! Putz… E ainda tem uns vacilões aqui apoiando os pilicos pesteiros!!! ??

  9. É claro que temos políticos bons e políticos que pouco faz por campo grande. O que campo grande precisa é de conhecer a Carminha Jerominho como vereadora e acompanhar sua desenvoltura como parlamentar. Campo Grande cai crescer com a população votando nos candidatos do Bairro. Boa sorte Carminha Jerominho. Boa sorte a todos.

  10. Moro a muito anos, realmente o bairro está totalmente abandonado.
    As ruas tem tantos buracos que parece que estivemos numa guerra.
    Esses políticos de merda que nós temos não valem nada, só aparecem em época de campanha.

  11. Amo morar em Campo Grande, só que a população aumentou o dobro, e o saneamento básico, escolas, ônibus, saúde tudo precário a cada dia que passa temos que pensar nisso.
    No mais tudo bem!!!

  12. Moro em Vila Jardim,Campo Grande, à 48 anos, nasci , curti, creci aqui e aprendi tudo aqui nesse lugar maravilhoso, só precisamos de mais interesse dos políticos, tem um que pode melhorar nosso querido bairro de Campo Grande, Wellington Dias, esse vereador é aqui de Campo Grande e não vai nos abandonar, pode apostar!!!!

  13. Gosto de big fild minha família e toda daqui só que o bairro anda muito abandonado pelos políticos que só aparecem para pedir votos na época de eleição ganham e nunca mais aparece com isso nos moradores de big fild ficamos esquecido mais uma vez mais de resto e um bom lugar para criar nossos filhos, temos três shopping de dar inveja outros bairros., ponto negativo infelizmente não podemos deixa de menciona tomos mal servido de linhas de ônibus para o centro do Rio, ônibus em situações precária caído aos pedaços e alguns asfalto de Ruas dentro do bairro esburacado sem recapeamento,falta de água em pleno século xx ,campo grande cresceu mais a água acabou sumiu e sem contar com a indústria dos paramilitares ao redor de campo grande.

  14. Eu tenho 17 anos que vivo aqui em Campo Grande, meus filhos cresceram aqui e o que vejo é que com todo o crescimento e classe média e alta vindo morar aqui, os impostos que eles pagam não são investidos aqui. Por isso a falta de interesse de tornar este enorme bairro em uma cidade. Quanto vocês acham que o governo do RJ deixaria de arrecadar ? Por isso nós não vemos investimentos na infra estrutura daqui. O dinheiro daqui é aplicado em outros bairros como a barra e zona sul.

  15. Moro em Campo Grande a 38 anos, um ótimo lugar p criar os filhos e viver, só esquecido pelo os políticos, agora chegou a hora de votar em politicos que possas dar mais atenção ao bairro, pois o políticos que morava em Campo Grande ficaram rico na política e não e abandonou a nossa cidade e foram morar na Barra e esqueceram de Campo Grand, vamos escolher a que que fizeram coisa na cidade não aquele que fala que vai fazer, nós sabemos que não vai fazer. Sei que difícil mais hoje você sabe quais os políticos que estám respondendo , esses tem que ser eliminados.A todos os moradores de Campo Grande, um forte abraço.

  16. Nasci e fui criado em Campo Grande, mais precisamente no Largo do Correia,minha infância todinha foi onde hoje tem a fabrica michellan, não esqueço também a minha primeira escola Jonathan serrano. Que saudades daquela época.hoje tudo mudado.é o preço do progresso.

  17. Moro em campo grande a mais de 50 anos e ñ nunca vi tanto abandono por partes das autoridades, esse é um ano de eleições vamos vamos lutar pelo nosso bairro que é muito bom é os moradores idem

  18. Moro em campo grande a 13anos! Adoro morar aqui,pena que aqui na estrada da posse, não temos uma linha de ônibus pro centro da cidade decente, do resto não tenho que me queixar Amo campo grande ?

  19. Moro em Campo Grande há 26 anos, criei meus filhos aqui, o bairro cresceu muito, mas muita coisa p se fazer, transporte precário, obras BRT abandonadas, estradas q precisam se duplicadas como a Estr. da Cachamorra q cresceu c muitos empreendimentos e com isso o trânsito fica insuportável, o lado bom é que temos tudo dentro de um bairro, infelizmente os políticos só vem aqui em época de eleição. Amo morar em Campo Grande.

  20. Moro em Campo Grande desde que cheguei no Rio, e por sinal um bairro muito bom, mas porém, um pouco esquecido pelos políticos, eles deveriam valorizar mais este bairro e futura cidade do Rio de Janeiro, um bairro que de tudo se tem um pouco do lazer ao comércio e até boas escolas técnicas!

  21. Campo grande já e emancipado pela milícia! Eles fazem tudo e nada acontece, o bairro está esquecido, agora nas eleições será lembrado, acordem moradores!!!!

  22. Sim o bairro cresceu, mas os investimentos em infraestrutura e logística são minguados. O bairro vive esquecido com várias ruas sem asfalto, as ruas campina grande, João Melo e Serra Alta sem esgoto nem asfalto, e olha que são importantes ruas de ligação para escoamento do tráfego.

  23. Morava em Bras de Pina e trabalhava no Centro da Cidade, mudei para Campo Grande em 1985 para um apartamento construido na Estrada das Capoeiras junto com toda a minha familia. Aqui constitui familia, casei na Igreja de Santana e vi parte da Estrada do Mendanha, Capoeiras e Posse crescerem de tal modo que não precisamos sair da redondeza para ter diversão e fazer compras. Amo Campo Grande!!!

  24. Todo mundo fala – vamos dar atenção e tal…mas não acontece – de Realengo até St Cruz é outra cidade. Basta ver o tratamento. Realmente não me importo que a área turistica tenha atenção especial. O q não pode é a gente ficar largado.

  25. Sou nascida é criada em Campo Grande. Atualmente moro na estrada dás capoeiras, onde é uma cidade, praticamente o centro de campo grande. Muitos comércios, bancos, surpermados para escolher, condução para todos os lugares do Rio de Janeiro. A 2p anos atrás, era apenas uma estrada, com mão dupla, pena que os políticos se esqueci de investimento nas estradas, nas calçadas, mas campo grande é uma bela cidade do Rio de Janeiro.

  26. Eu amo Campo Grande, nasci em Cascadura mais fui criado em Campo Grande fiz o meu primário na Escola Amazona, e o Ginásio no Educandário Santa Rita de Cássia. Foi o melhores anos da minha vida. Casei na Igreja Santana nós anos 70 hoje moro no Espírito Santo.

  27. Gostaria de saber se alguém que nasceu no bairro teria como identificar em que rua se transformou a Estrada Real de Santa Cruz 299. Era uma fazenda da família Salles Rosa.

  28. Campo Grande ainda está em desenvolvimento. É só ver os números de prédios,novas construções e empresas que estão surgindo. Já está mais que na hora da construção de um aeroporto em Campo Grande ligando até o Aeroporto Santos Dumont para desafogar o trânsito. Seria um problemão a menos nesse trânsito quase parado ligando o bairro para o Centro. Não precisaria de um grande aeroporto para resolver o problema, mas um que atendesse a demanda. Talvez daqui a algumas décadas possa se criar esse aeroporto pois a tendência é o crescimento da população, residências e empresas.

  29. Moro em campo grande a 20 anos, melhor bairro do Rio pra ser morar!!!
    Mas precisar melhor muito ainda, principalmente o transporte público!
    Ônibus da estrada do Campinho pro centro do Rio, direto pra Bangu!já ajudaria muito!

  30. Fiz a escolha certa há 10 anos atrás. Já morei na cachamorra, na vila jardim, hj moro no rio da prata. Acho um bairro seguro com bastante contato com a natureza. Muitos por aqui praticam esportes. Acredito que uma ciclovia seria um excelente benefício, mas pra quem depende do transporte público não e legal ainda. Mas isso é um problema em todo campo grande. Amo esse lugar, vc não precisa sair de campo grande pra fazer nada. Tem tudo aqui. Melhor lugar para criar meus filhos.

  31. Campo Grande RJ deveria mesmo ser mancipado, temos parque industrial, um grande comércio e todo tipo de serviço.
    Pagamos impostos para sustentar a Cidade do Rio de Janeiro.
    Cidades da Baixada Fluminense com menor potencial econômico são emancipação e tiveram melhoras substantivas em serviços de saúde, educação e saneamento básico.
    Sonho com a emancipação de Campo Grande!!!!
    O melhor lugar para viver no Rio de Janeiro.

  32. Campo grande é uma cidade, devido seu desenvolvimento e influência histórica, só não é um município.
    Todo município é uma cidade, mas nem toda cidade é um município.

  33. Tenho 69 anos e moro em Campo Grande, bairro que amo e que nasci, como meu não tinha casa própria,morei em vários lugares aqui mesmo em Campo Grande.. já casado morei 20 anos no bairro Alexandra e esse ano faço 20 que moro num condomínio no início da estrada do Campinho,um lugar tranquilo e perto de tudo.

  34. Morei a vida toda em campo grande, hj moro em Votorantim SP, mas minha família toda está na estrada da Posse, amo este lugar, lindo, hospitaleiro, porém abandonado. Uma pena os políticos não darem atenção devida a um lugar tão gostoso de morar.

  35. Bom dia! Mora em Campo Grande (sub bairro São Jorge) há 42 anos, não tenho muito do que me queixar, só o transporte que mera precário, não temos condução decente nem mesmo pro centro de Campo Grande, que dirá para o Centro do Rio de Janeiro, é nesse ponto que os políticos deveriam dar mais atenção, incluindo a saúde e educação que também estão a desejar.

  36. Já foi o melhor bairro do Rio pra se viver. Hoje perdeu o seu encanto. Um boom imobiliário inexplicável, transformou o lugar em um verdadeiro inferno. Nenhuma, zero, infraestrutura. Descaso total do poder público. Ruas totalmente esburacadas. Um semáforo a cada esquina. Ninguém se movimenta minimamente decente. Não tem uma ciclovia. Brotaram estações BRT para um BRT que não existe. O túnel da José Alencar, que deveria aproximar o local. Do Centro da cidade pela zona sul, o afastou pelo menos mais duas horas, tamanha a incoerência do poder público. Engarrafamento de horas para chegar até o Recreio dos Bandeirantes. Como todo o Rio de Janeiro, o melhor de Campo Grande se tornou o Aeroporto.

  37. Bom lugar de se viver. Precisa mais atençãocom as necessidades da periferia do bairro, ou seja, os sub-bairros. Hospitais, Postos de Saude, Transportes públicos ligando regiões dentro do próprio bairro. Mais atenção com a manutenção das vias de acessos, muito quebra-molas.e buracos. O “bum” imobiliário tende a piorar em todos os sentidos os serviços já tão precários: comércio, bancos, hospitais, cultura esporte e lazer precisam de planejamento e investimentos frente ao surgimento de novos condomínios residenciais nos últimos anos.

  38. Sou mineiro e moro próximo ao West Shopping desde 2013. Excelente licalidade! Tem tudo que preciso próximo, comércio diversificado, um dos únicos bairros da cidade que nao tem favelas com bandidos trocando tiros diariamente! Localidade onde fiz amigos para o resto da vida, onde nasceu minga filha!

  39. Moro em Campo Grande, na Estrada do Cachamorra, pensa num lugar bom de morar…. é aqui. Um povo tranquilo, divertido, é verdade que com o crescimento temos um trânsito tumultuado, mas temos um comércio diversificado,, ,feiras, etc….. Pode melhorar??? .. claro que sim.. amo Campo Grande, melhor lugar pra morar??????

  40. Tenho 62 anos gosto muito de campo grande, ainda acho uns dos melhores bairros para morar, eu trabalho com Uber os passageiros que moram aqui, acha a mesma coisa, campo grande em termos de violência ainda é calmo, tem lugares no Rio de janeiro, que vc não tem paz, vamos valorizar nosso lugar, políticos é um lugar de boa economia e melhoras, realmente está se tornando uma cidade, muito carro, pessoas, condomínios.

  41. Sou capixaba , morei em bairros bem simples em Campo Grande, hoje moro no centro ,próximo a rua da feira (aos domingos)é uma cidade (bairro )com qualidades e defeitos ,mas amo .precisa que os políticos locais olhem mas ,cuidem ,melhore urgentemente o trânsito e tantas coisas .

  42. O comércio é muito bom, mas infelizmente está dominado por milicianos que inclusive, exploram esse comércio. Toda aquela parte da Zona Oeste precisa ser olhada com mais cuidado pelo poder público, a população cresce a cada dia na região. A questão do BRT ser extremamente ineficiente para toda aquela demanda, já é outro problemão. Mas quem vai querer investir em uma região dominada por criminosos?

  43. Pense num lugar que não perde em nada em variedade comercial ?!? Campo Grande precisa apenas em ser reformulado na mobilidade urbana. É fato que o trânsito precisa ser revisado, a infraestrutura precisa ser melhorada, uma nova rodoviária/terminal precisa ser construída (inclusive adaptada pra atender melhor as linhas interestaduais pois ja passou da hora da zona oeste ter um terminal que evitaría o deslocamento até a Novo Rio), padronizar calçadas e sinalizações no entorno do Centro Comercial do bairro, enfim, redesenhar muitas coisas.

  44. Tenho 69 anos. Nasci, cresci e criei filhos e neta aqui. Nossa Cidade, Campo Grande, é maravilhosa, porisso precisamos de melhorias, em especial, no trânsito, que com o aumento da população, está insuportável, pois por ser lugar acolhedor, tem atraido muita gente de outros Bairros.
    Se os Políticos locais fossem honestos, cuidariam das nossas necessidades em benefício de todos e, principalmente daqueles que os elegeram.

  45. Bairro dominado pela milicia.
    O povo pensa que ta na Barra, comem sardinha e arrotam caviar.
    Bairro cheio de problemas, segurança precária, vários assaltos, AFF.

  46. Cpo grande melhoraria muito mais se dessem uma melhorada no escoamento do trânsito no principalmente no centro, um engenheiro de trânsito pra dá uma mudada colocando pelo menos um viaduto para fazer um bonito calçadão.

  47. Campo Grande é excelente para morar, pois tudo que precisamos temos aqui, precisaria que os moradores se unissem e cobrasse dos candidatos para fazer melhorias necessárias nos SubBairro, porém que fizesse antes de se eleger, pois depois não fazem mesmo, lembre-se povo unido, não será vencido.unidos somos fortes.

  48. Sou contra a emancipação para o bairro Campo Grande. Porque seria uma lástima promover oportunidade para políticos aumentar o sistema de corrupção. Já a prefeitura pode e deve investir em transportes, escolas, segurança e lazer.

  49. Moro em Campo Grande há 40 anos, ótimo lugar para se viver e criar os filhos, muitos restaurantes, lanchonetes, cinemas, shopping, e com relação ao comércio, é maravilhoso, tudo que quero encontro aqui, com relação a saúde, não tenho o que reclamar, pois por diversas vezes fui muito bem atendido tanto no hospital como nas upas, e por final e com relação ao asfaltamento, quem está falando mal, é porque não mora aqui e não conhece, jamais trocaria Campo Grande por qualquer bairro que fosse.

  50. O bairro de Campo Grande é um dos mais antigos do Brasil e o mais populoso do país! Quase 400 mil habitantes. Apesar de ter um grande número de vereadores e deputados estaduais eleitos pelo bairro, não vemos nenhum interesse em investir em melhorias para nosso Campo Grande. Mas esse ano eles vão aparecer novamente para pedir votos. Espero que o povo campo-grandense não caia no canto da sereia e não vote nestes políticos que só aparecem de 4 em 4 anos.

  51. A hora que os moradores se unirem e cobrar melhorias com o mesmo empenho que pedem votos para esses políticos fantasmas de campo grande muita coisa vai melhorar.

  52. Campo Grande e um ótimo bairro, porém falta investimentos, infra estrutura, os asfalto de ma qualidade faz o bairra ficar cheio de buracos em todas as ruas até as principais como rua campo grande e avenida Cesário de melo, vários bairros com poucas iluminações, bairros com esgotos entupidos e qualquer chuva que da alagamentos nos bairros, então acredito que o único e verdadeiro investimento que o bairro teve deve ter sido durante essa época que campo grande quase virou Cidade, porque desde então é só maquiagem as coisas feitas nenhum investimento de verdade para ficar e ter uma duração de anos ou décadas.

  53. Campo Grande deveria ser um município do RJ e tbm deveria ser mais olhada pelos políticos.
    Campo Grande é um bairro campeão de ruas esburacadas e quebras molas em ruas cheias de buracos.
    Um bairro precário de comércio.
    Enfim,é abandonado.

  54. Já pensou na disputa entre as famílias Natalino Gerominho, Lucinha e seus filhos, Luiz Carlos Ramos e corja… Ainda bem que é um bairro.

  55. Se esqueceram do pior aspecto: Geramos impostos à beça para serem aplicacados em todos os bairros, inclusive os denominados de”NOBRES”! E a turma dos politiqueiros, sem nenhum projeto com bases técnicas já estão com suas propostas de sempre prontos para receberem nossos inocentes votos…

  56. Emancipação , não adianta so gera despesas ou seja vira cabide de emprego publico e mais políticos.

    O que tem ser feito e ser dado mais atenção a este bairro pela prefeitura com: transporte, escolas, policiamento , iluminação , parques ,,,,,,,

  57. Campo Grande é um ótimo bairro para se morar. Falta área de lazer como um parque para atividades, caminhada, passeio… Tem o Centro Esportivo, mas nos finais de semana não tem atividade. O bairro dispõe de muita área para construir um parque, falta boa vontade dos administradores do bairro.

  58. Campo grande é um bairro ótimo pra morar mais infelizmente esquecido pelos governantes , transporte não existe, iluminação precária,estradas esburacadas , policiamento não tem

    • Nasci em Big field, mas precisamente em 78 no Rocha Farias, quando funcionava melhor, mas já tinha problemas… Meu bairro, Inhoaíba tem história para contar, bons tempos de subir nas árvores, tinha de tudo, manga, jaca, caqui, pitanga e muitas outras… vários sítios, tempo bom, queijo minas feito na hora… Saudades

  59. Campo Grande é um ótimo bairro. Mas como quase todos os bairros da Zona Oeste,são esquecidos e lembrados na hora das eleições.
    O bairro teve um crescimento populacional absurdo. O trânsito virou um inferno. Com muitos condomínios etc.
    Mas faltam escolas,hospitais,transporte.
    Até quando?
    Talvez,quando a emancipação chegar.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui