Carvão ativado sendo jogado na Estação Guandu na manhã desta quinta (21/01) - Foto: Reprodução/TV Globo

Aproximadamente 1 ano depois do Rio de Janeiro ter passado pela ”Crise da Geosmina”, que afetou o gosto e cheiro da água na Região Metropolitana do estado por algumas semanas, a mesma situação torna a acontecer neste início de 2021. Em diversos pontos da capital fluminense, por exemplo, moradores relatam o cenário.

Na Zona Norte, Filomena Oliveira, moradora da Penha Circular, sentiu gosto ruim na água loco cedo nesta quinta-feira (21/01). O mesmo foi relatado por Michelle Passos na região do Mercado São Sebastião, na Penha, e por Rozane Nanny, em Piedade, que, inclusive, disse que a coloração estava amarelada: ”Na terça-feira [19/01] eu percebi. A cor passou, mas o cheiro continua.”

Já na Zona Oeste, moradores de bairros como Bangu, Senador Camará, Sulacap e Vila Valqueire também reclamaram do gosto de terra na água. Neste último, Mônica Boanafina, corroborando com Rozane, disse que também vem sentindo a água modificada há 2 dias: ”Por enquanto, não vimos diferença na coloração, continua transparente, mas estamos preocupados. Queremos saber se tem alguma posição da Cedae.”

Vale ressaltar que, por volta das 07h40 desta quinta, segundo informações do portal ”G1”, o Globocop sobrevoou a Estação Guandu, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e pode ser observado que uma das piscinas de tratamento estava esvaziada. Cerca de 10 minutos depois, uma carga de carvão ativado – solução encontrada no ano passado para fazer a água voltar ao normal – foi jogada no local.

Piscina esvaziada na Estação Guandu na manhã desta quinta-feira (21/01) – Foto: Reprodução/TV Globo

Por meio de nota oficial, a Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) disse estar ciente das reclamações e já coletando material nos locais afetados pelas alterações: ”A informação será atualizada com as análises. Até o momento, não há indícios de aumento na proliferação de algas e nem da geosmina/2-MIB.”

2 COMENTÁRIOS

  1. Quantos litros de geosmina a mais precisaremos beber antes dessa empresa pastosa ser vendida a qualquer cristão que queira pegar essa bananosa?! Que haja ALGUÉM que queira pegar essa bananosa pastosa… Que PENA que ainda teremos uma CEDAE depois da privatização da distribuição!!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui