Banhistas descumprem regras de segurança na Praia da Barra (Foto enviada por leitor)

O final de semana de sol escaldante e altas temperaturas no Rio de Janeiro fez com que cariocas e turistas desrespeitassem as medidas de prevenção contra Covid-19 impostas pela Prefeitura com o objetivo de conter a proliferação do vírus.

Na altura do posto 2 da Praia da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, muitas pessoas permaneciam na faixa de areia e tomando banho de mar, o que é proibido pelo Poder Público, que autorizou apenas esportes individuais, como caminhada e corrida, no local.

Banhistas insistem em permanecer na areia das praias, contrariando o decreto da Prefeitura (Foto enviada por leitor)

Alguns frequentadores da orla praticavam futevôlei e altinha, sem utilizar a máscara para cobrir boca e nariz. O mesmo podia ser observado no calçadão e na ciclovia, onde muitos não utilizavam o item de proteção.

Um grupo foi flagrado na areia com cadeiras e mesas de plásticos, algo que está expressamente proibido pelas normas do município.

Sábado também foi de aglomeração

Durante o todo sábado (10/04), muitas pessoas foram flagradas na faixa de areia e no mar da Praia do Leme, na Zona Sul do Rio. Sem fiscalização necessária, a situação se repetiu nas praias do Leblon e Ipanema.

O recesso emergencial que limita a presença de pessoas nas praias está em vigor desde o último dia 26 de março. Nesta sexta-feira (09/04), o município autorizou a abertura de bares, lanchonetes, restaurantes e outros estabelecimentos do Rio.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

4 COMENTÁRIOS

  1. Estão certíssimos! Ordens absurdam não têm que ser obedecidas! É um decreto, que viola o direito constitucional de ir e vir, e a praia é bem da União! Quem esse prefeitinho tá pensando que é?!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui