O Procon Estadual do Rio de Janeiro realizou, nesta quarta-feira (08/09), fiscalização no bar Barthodomeu, situado na Rua Maria Quitéria, em Ipanema, para apurar denúncias de consumidores quanto ao desrespeito às normas de combate à Covid 19. As queixas relataram aglomeração gerada na realização de eventos no local, além de barulho excessivo provocado durante as apresentações.

Os agentes constataram que havia no estabelecimento alimentos vencidos e também sem especificação quanto à data de validade e de manipulação, que foram descartados. Apesar de realizar shows, o local não possui isolamento acústico adequado, causando incômodo à vizinhança. O bar foi autuado.

Os fiscais encontraram 7,8 litros de cerveja vencida, dentre elas havia garrafa de 600 ml com validade expirada desde abril. Picanha, contrafilé, gurjão de peixe, linguiça calabresa, carpaccio e molhos foram os produtos identificados pelos fiscais sem especificação, pois não possuíam data de manipulação e validade (10,5 kg).

Apesar de possuir alvará da prefeitura autorizando apresentações ao vivo, sem que houvesse incômodo e prejuízo para a vizinhança e a propagação de sons e ruídos para o Apesar de possuir alvará da prefeitura autorizando apresentações ao vivo, não há no estabelecimento um espaço fechado com tratamento acústico. As apresentações musicais se propagam para o exterior, causando barulho na vizinhança. Os fiscais constataram que não há espaçamentos entre as mesas, o que desrespeita as normas para evitar a propagação do coronavírus.

Os agentes orientaram que não sejam realizados shows com propagação de ruído para o exterior. A prefeitura do Rio e demais órgãos competentes serão oficiados para tomada das providências cabíveis.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui