O rio acaba de ganhar mais um izakayas, bar no estilo japonês: o Ko Ba Izakaya. Uma entrada discreta pela Rua Redentor, em Ipanema, dá acesso ao pequeno salão, quase todo ocupado por um balcão central, em formato de U, e que culmina no bar do sushiman.

Dos mesmos donos do primeiro izakaya da cidade, o Pabu Izakaya, no Leblon, o cardápio não tem invencionices. Ele é fruto de pesquisa in loco dos chefs Cristiano Lanna, Erik Nako e Luiz “Pétit” Santos. Os 3 estiveram em terras japonesas, e “importaram” especialidades que mais encantaram seus paladares e critérios. Além dos sucessos do Pabu, a ideia era trazer novos pratos tradicionais para os cariocas.



Entre as sugestões exclusivas, o Katsu-Sando, clássico sanduiche de porco à milanesa, e a Saladinha Japa de Batata com ovas de massago. O cardápio é dividido em Sushi-Ba, Frio, Quente, Sando (sanduíches), Noodles e Doce, além de oferecer três opções de menu executivo: Otoshi do dia (seleção de entradinhas japonesas) + Prato Principal; e Otoshi do dia + 1 Entradas + Prato Principal; ou Otoshi do dia + 2 Entradas + Prato Principal.

 

No Sushi-Ba, ganha destaque o Sushi Moriawase, seleção do chef entre nigiris e gunkans com cinco unidades, e o Name-Ro, tartare de peixe selado, molho de gema e ponzu nori. Da chapa sai o Yakisoba de Frutos do Mar e Kimuchi, com massa fresca salteada com legumes e molho de acelga fermentada; e da cozinha o Okonomiyaki, panqueca muito consumida no Japão, servida em dois sabores, camarão ou cogumelos. Toda terça-feira, a casa oferece sempre um sabor novo de panqueca para o jantar a R$19. O K? B? também traz uma proposta homemade, com temperos e fermentados produzidos na casa, a exemplo do Dashi, shoyo e maionese caseiros. Os peixes, claro, são sempre frescos e, em sua maioria, da costa do Rio de Janeiro.

Foto: Tomás Rangel

Como não poderia deixar de ser, já que o significado literal de Izakaya é “lugar para tomar saquê”, a carta da bebida divide de igual para igual as atenções com os pratos. As garrafas são expostas em uma prateleira suspensa, chegando a aproximadamente 22 rótulos. O sakê da casa é um Futsu-shu, ideal para o dia a dia, além de marcas que visam contemplar a maior parte das categorias da bebida: Honjozos, Junmais, Ginjos, Dai Ginjos, Genshus, Espumantes….No menu de bebidas, o rótulo de cerveja próprio, a Izakaya Ale, por Cocky Rooster & Pabu Izakaya; uma seleção de Shochu e drinques com referências japonesas.

Empreitada do trio de chefs, ao lado dos restaurateurs Andre Korenblum e Eduardo Preciado, o K? B? fica no segundo andar de um belo casarão, tem decoração simples e informal, como deve ser. Ao projeto do arquiteto Ricardo Guimarães foram incorporados objetos decorativos trazidos pelos sócios do Japão.

Além do balcão central, que permite um contato com o chef e o sushiman e estimulam os clientes interagirem entre si, mesas de dois e seis lugares dividem o espaço com a cozinha e o bar de sushi. Nada que tome o espaço para o embalo de um Karaokê, uma das maiores diversões dos japoneses. O Ko Ba reserva as noites de segunda-feira para quem quer soltar a voz. É só fechar os olhinhos e entrar na brincadeira.

Serviço
Ko Ba Izakaya
Endereço: Rua Maria Quitéria, 111 – 2º andar – Tel.: (21) 3502-4637
Horário de funcionamento: Segunda-feira, das 18h a 00h, de terça a quinta, das 12h a 00h; sexta e sábado, das 12h a 01h e domingo das 12h às 22h.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui