Foto: Leon israel

Os bares, restaurentes e casas noturnas do município do Rio deverão dar apoio a mulheres que estiverem em situação de risco, como assédio sexual, devendo designar um funcionário para acompanhá-las até o local de embarque em um meio de transporte. É o que determina a Lei 6.932/21, de autoria do vereador Dr. Gilberto (PTC), sancionada pelo prefeito Eduardo Paes e publicada nesta terça-feira 08/7.

De acordo com a norma, os estabelecimentos deverão afixar painéis e avisos com orientações às mulheres nos banheiros femininos, orientando-as a procurar um funcionário em caso de risco. O texto também determina que o funcionário do local deverá acompanhar a mulher até a polícia, se esse for o seu desejo. 

Dr. Gilberto afirma que adotando medidas simples, as mulheres terão um ponto de apoio nestes estabelecimentos comerciais, evitando que situações de agressões e abusos terminem em tragédia. “Acreditamos que assim não só contribuímos para dissuadir esses criminosos de agirem, como também propiciamos ambientes mais seguros para as mulheres cariocas”, afirma.

1 COMENTÁRIO

  1. Excelente iniciativa do autor do Projeto Vereador Dr. Gilberto (PTC).
    Vou passar a acompanhá-lo, pois quero ver a atuação do parlamentar.
    Ter bons nomes no caderninho anotado é importante. Entre tantos, é como achar agulha no palheiro. Então é bem selecionar e acompanhar os aparentemente bons, para nas eleições votar conscientemente.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui