Bastidores do Rio de Janeiro – 28/10/21

Carlo Caiado será prefeito, Freixo falando abertamente sobre a morte do irmão pela milícia, Escola Legislativa dos vereadores no Bastidores de hoje

Foto: Caio César/CMRJ

Carlo Caiado Prefeito
Calma, não é nenhuma pré-candidatura para o lugar de Eduardo Paes. É que o atual prefeito viaja para Portugal e Espanha e fica fora até o dia 3 de novembro, assume o vice-prefeito Nilton Caldeira. Mas este viaja na segunda, então terça e quarta o prefeito do Rio será o presidente da Câmara, Carlo Caiado.

Sonho
Caiado não esconde de ninguém que quer um dia ser prefeito do Rio, eleito. Vai poder sentir o gostinho por alguns dias.

Tema da Campanha
Marcelo Freixo
vai ter como carro-chefe da campanha pra governador o discurso de combate às milícias. Para isso, ele tem falado muito no assassinato do irmão, um tema que ele pouco falou ao longo da vida.

Estratégia
A estratégia é fortalecer a narrativa do carro-chefe da campanha, o irmão foi morto por milicianos quando era síndico de um condomínio. A milícia era responsável pela segurança e ele queria mudar.

Balão de ensaio da vez
Que a Estação Leopoldina é uma joia arquitetônica que merece um destino decente, ao invés do criminoso abandono que está sofrendo, todos nós sabemos. Mas, mais uma vez, fazem um balão de ensaio com ela. A vez é do Secretário de Infraestrutura e Obras Max Lemos, que jura que a licitação para sua reforma irá sair até o final deste ano.

Não vai
Faltam dois meses para 2022, sem considerarmos os vários feriados no caminho. Parece coisa de gente que, ou não entende lhufas de administração pública, ou só sabe papagaiar atrás de voto, sem se importar com o bom trabalho. Ou os dois.

Ninguém
Tem um secretário que é pré-candidato e que ninguém ousa falar bem, chega a ser incrível tamanha desaprovação.

Todos
Ao contrário todos tem alguma crítica ao jeito, ao estilo, aos erros. Dizem ser um desperdício de inteligência.

Escola Legislativa
A Câmara dos Vereadores deve ganhar uma escola legislativa aos moldes da ALERJ. O diretor da Assembleia, Wagner Victer, ciceroneou os edis.

Teresópolis bombando
O mercado imobiliário de Teresópolis está bombando. É impossível caminhar um quilômetro e não ver um empreendimento subindo.

Reclamações
Quem anda reclamando são os moradores antigos da cidade. Acham que está progredindo muito. Será que estavam aqui antes dos índios?

Desmascarado
O vereador Lindbergh Farias chegou em uma sessão na Câmara rindo, de cara vermelha, sem máscara e manda: “aí pessoal, alguém tem máscara aí pra me emprestar?”

2 COMENTÁRIOS

  1. Os moradores de Teresópolis que reclamam do despropositado “crescimento” da cidade não é porque “estavam aqui antes dos índios”. É porque não querem ver a bucólica cidade se transformar em uma Praça Saens Peña. É porque amam Teresópolis, querem o melhor para a sua cidade e têm bom gosto.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui