Bastidores do Rio de Janeiro – 30/11/2021

Eduardo Cavaliere se destaca na remoção de construções irregulares, mudanças nas secretarias de Cláudio Castro e Marcelo Queiroz quer castração de 100 mil animais até 2022

Foto: Rafael Campos

Casa de Ferreiro
Tem secretário municipal que bate no peito que é digital e que burocracia não tem vez na sua pasta. Mas uma pessoa que o visitou ficou assustada com o tamanho das pilhas de papel por toda parte no gabinete e… com as cadeiras vazias.

Mal-visto
Ninguém saiu em defesa do secretário da Educação, Renan Ferreirinha, após a nota com críticas contra ele. Teve até secretário dizendo que a nota pegou até leve.

Bagunça
Há alguns dias foi publicado um editorial aqui no Diário do Rio sobre a, digamos, pouca efetividade da Guarda Municipal. Horas depois, esta coluna recebeu um pedido de desculpas e que a corporação estava revendo seus fluxos.

Acontece que…
Nada mudou, aparentemente. Os problemas continuam os mesmos. As denúncias caem no esquecimento ou fingem que são atendidas. Foi desculpa para inglês ver.

Enquanto isso
O secretário de Meio Ambiente, Eduardo Cavaliere, continua dando show na remoção de construções irregulares. Se estivesse aqui 20 anos atrás a história do Rio seria outra.

Bomba para estourar
Se nada for feito de sério contra as milícias, o problema pode passar a ser econômico. Não são poucos os empresários procurando outros pontos fora das áreas de milícias, como na Praça Seca.

Testes
Menos de um ano para a eleição, um cenário confuso de alianças. A lealdade de muitos está sendo testada, poucos passando.

Queda forte
O secretário Renan Ferreirinha vai ter de mostrar algo nos próximos meses, no ranking de competitividade entre cidades, as maiores quedas foram em sua área, educação. Já na de Chicão Bulhões e Marcelo Calero melhoras claras.

Mudanças a vista
Com Bolsonaro no PL é esperado que o governador Claudio Castro faça algumas mudanças. As principais são a saída de Max Lemos da poderosa Secretaria de Obras e de Patrique Welber da Secretaria de Trabalho e Renda. Ambos vão apoiar candidatos a presidente que são inimigos de Bolsonaro, o 1º é do PSDB de Doria, o 2º do Podemos de Moro.

Bem na fita
O secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz, o Lorde do PP, garantiu muitos votos com a iniciativa de castrar até 2022 100 mil animais. Nada toca mais no coração dos defensores dos animais que uma ação dessa.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui