Benedita da Silva com Marcelo Freixo na Cinelândia - Foto: Divulgação

O domingo da candidata do PT à Prefeitura do Rio de Janeiro, Benedita da Silva, foi dedicado às mulheres. Ela festejou a eleição da primeira mulher negra para a vice-presidência dos Estados Unidos, Kamala Harris, e disse que o carioca vai promover uma virada política a exemplo do que fizeram os americanos ao derrotarem Donald Trump.

”Nós, mulheres negras, estamos convocando nossa cidade, assim como Kamala convocou os Estados Unidos. Agora, somos nós, agora é 13”, disse Benedita.

Na Cinelândia, no Centro do Rio, a candidata participou de ato pedindo Justiça para a modelo Mariana Ferrer, estuprada em Florianópolis por um empresário e humilhada na sessão de seu julgamento.

”Isso só acontece em um país chamado Brasil, onde temos um presidente junto com um prefeito, Bolsonaro e Crivella, farinha do mesmo saco, que comungam com essas situações porque não denunciam, não se manifestam, tornam esse momento mais difícil para as mulheres. Eles aceitam naturalmente que essas violências sejam feitas, como se fosse um fardo natural”, acrescentou Benedita.

”A responsabilidade pela violência que tem acometido as mulheres está nas mãos deles. São aqueles que gostam, aceitam isso, e detestam qualquer medida que possa proteger as mulheres. Feminicídio, estupro, violência domestica nesse país, e eles não dizem nada, se calam, consentem que essas coisas cresçam”, cobrou.

Ainda no ato da Cinelândia, Benedita encontrou-se com o deputado Marcelo Freixo (PSol). Ambos chegaram a formar uma chapa para disputar a Prefeitura do Rio, com Freixo na cabeça e Benedita na vice, mas o deputado desistiu de se lançar, e os 2 partidos, PT e PSol, lançaram candidaturas próprias.

Vale ressaltar que Benedita havia começado seu dia de campanha na Zona Oeste, onde, na Praça Seca, caminhou com a candidata a vereadora Tainá de Paula. Já em Campo Grande, percorreu uma feira livre e reforçou seu compromisso de instalar banheiros químicos nas feiras da cidade e exigir que a Comlurb inicie a limpeza mais cedo.

2 COMENTÁRIOS

  1. Estranho seria se a turminha do “ódio do bem”, não reclamasse. Até porque o que mais fazem é isso, reclamar, e mais nada. E tem gente que acredita em Benedita e Cia. Putz…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui