Benedita defende mulheres, vans e PF contra fome

A candidata à prefeita do Rio em 2020, Benedita da Silva (PT), fez caminhadas nas comunidades de Jacarezinho e Rio das Pedras

A candidata à prefeita do Rio em 2020, Benedita da Silva (PT), fez caminhadas nas comunidades de Jacarezinho e Rio das Pedras, de onde partiu em carreata para Muzema e Tijuquinha, em Jacarepaguá.

Ela disse que, se eleita, as mulheres e a juventude serão tratadas “como nunca foram”, com prioridade absoluta. Benedita quer ampliar o número de creches, para ajudar as moradoras das comunidades a conseguirem bons empregos, e garantir a presença de ginecologistas nas unidades de Saúde.

Trabalho reconhecido

Na feira livre do Jacarezinho, uma das maiores comunidades do Rio, Benedita recebeu agradecimentos pelos programas sociais que ela implementou na região para mulheres e jovens.

A moradora Solange Francisco Costa Moreira, que ficou muito tempo desempregada, fez um dos cursos de formação e até hoje é cabeleireira no Centro.

Trabalho bem, graças a Deus. Ela botou a gente para fazer um curso, e com isso a gente arrumou trabalho. Eu agradeço muito pela força que a Benedita me deu“, afirmou Solange.

A candidata, acompanhada por candidatos a vereador, disse que fará no Jacarezinho intervenções urbanas, especialmente com moradias, a exemplo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) de Manguinhos, área vizinha que recebeu importantes ações durante os governos de Lula e Dilma.

Vamos chegar aqui com a Moeda Carioca para estimular a economia solidária, apoiando o comerciante para aumentar seu negócio e dar mais empregos. Teremos um olhar especial para as mulheres e incrementar as creches porque elas precisam disso para trabalhar“, garantiu a candidata.

Banco Popular

Benedita comprometeu-se a “entrar pesado” com o banco popular para gerir a Moeda Carioca e fazer empréstimos a quem precisa começar ou ampliar seu negócio.

Vamos distribuir tíquetes do Prato Feito para que a pessoa que precisa possa comprar a comida dos pequenos restaurantes. Esse programa segura o emprego de muitas cozinheiras nos bares e restaurantes, e de todo mundo que vende quentinhas. Essas pessoas precisam de apoio“, garantiu Benedita.

Legalização das vans pela mobilidade das favelas

Em discurso feito em cima de um carro em Rio das Pedras, Benedita defendeu obras de infraestrutura para combater as enchentes e lembrou a importância da legalização das vans para levar o trabalhador até mais perto de casa nas comunidades.

Só quem mora em favela entende a importância disso, pois o ônibus não leva a pessoa até perto de casa. Quando eu ainda era vice-governadora, fui a primeira a regularizar as vans e colocar para funcionar na cidade. Poucas pessoas sabem disso“, recordou a candidata.

Fortalecimento do pequeno comércio

Benedita voltou a defender o fortalecimento do pequeno comércio. “As lojas são pequenas, mas o comércio é grande. O que queremos para Rio das Pedras é o que queremos para a cidade: emprego, emprego e emprego“, disse Benedita, ressaltando a importância das mulheres na gastronomia nordestina, um ponto forte em Rio das Pedras.

Aqui é o Nordeste dentro do Rio de Janeiro. Quando falamos que temos de desenvolver a cultura do nosso povo, das comunidades, é isso aqui, essa comida maravilhosa, essa cultura de todos.”

A candidata aproveitou a agenda para fazer a feira, comprando legumes, verduras e farinha para tapioca.

PEC das Domésticas

Benedita disse que a maioria dos moradores de Rio das Pedras e das comunidades vizinhas, Tijuquinha e Muzema, “sabe dos feitos de Lula e Dilma pelo povo, lembra da época em que havia carteira assinada, agradece pelo que fizemos pelas trabalhadoras domésticas com a PEC das Domésticas. Eu fui a relatora, e a lei foi sancionada pela ex-presidente Dilma. Essa ação deu a essas mulheres trabalhadoras os mesmos direitos dos outros trabalhadores“.

Benedita foi entrevistada pelo DIÁRIO DO RIO sobre suas propostas para o Rio de Janeiro caso eleita.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui