Biblioteca Nacional reabre na segunda-feira

Após 638 dias fechada ao público, a Biblioteca Nacional reabre as portas na próxima segunda-feira, dia 13/12

Biblioteca Nacional - Foto: Alexandre Macieira | Riotur

Após 638 dias fechada ao público, a Biblioteca Nacional reabre as portas na próxima segunda-feira, dia 13/12, com adoção de protocolo de segurança e visitas agendadas para atendimento, consultas aos acervos e visitas ao prédio e às exposições.

Todas as instalações do prédio sede foram higienizados e dispositivos com álcool gel foram colocados em lugares estratégicos nos salões, nas salas de consulta, de trabalho, nos armazéns, na copa, nos refeitórios e banheiros. As portarias da Avenida Rio branco e da rua México ganharam tapetes sanitizantes e a entrada no prédio será permitida mediante monitoramento de temperatura e uso obrigatório de máscara.

Aos pesquisadores será disponibilizado formulário específico para agendamento no site da BN – www.bn.gov.br. A consulta ao acervo deverá ser agendada com 48 horas de antecedência, através do email – agendamento@bn.gov.br e será restrita às obras armazenadas no prédio sede, não estando acessíveis os livros e periódicos arquivados no prédio anexo. Todos os documentos consultados serão mantidos em quarentena, em espaço pré determinado, por um período de sete dias, antes de retornar ao seu local de guarda.

A visita guiada funcionará às segundas, quartas e sextas das 12.30hs às 15.30hs. Por enquanto, não serão permitidas visitas espontâneas, sem agendamento. O agendamento será feito no email – visitaorientada@bn.gov.br . A visita é gratuita e serão organizados três grupos de 10 pessoas por dia.

Durante o período de pandemia, quando o acesso ao público foi proibido, foi finalizada a obra de segurança interna do prédio sede para adequação às diretrizes do Corpo de Bombeiros, visando a concessão do certificado de licença. O processo para obtenção da licença espera o ok final do Corpo de Bombeiros, o que deverá acontecer daqui a um mês.

Através do trabalho remoto dos servidores, os serviços da BN tiveram continuidade, como o Prêmio Camões – edições de 2020 e 2021; os prêmios literários, os programas de apoio à tradução e à publicação de autores brasileiros no exterior e de Apoio à Pesquisa na BN.

Também teve início a programação para comemoração dos 200 anos da Independência, com a realização de lives com especialistas e a realização de exposições virtuais.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui