Rastro de destruição no final do Bloco da Favorita que marcou a abertura oficial do Carnaval do Rio

Milhares de foliões foram a praia de Copacabana, Zona Sul do Rio, para celebrar a abertura oficial do Carnaval carioca com a apresentação do Bloco d Favorita. No entanto, o que se viu no final da festa foram cenas selvageria que resultaram pânico e correria.  



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Segundo informações de quem estava na festa, Guardas Municipais e Policiais Militares foram atacados com garrafas e latas quando tentavam liberar as vias para o tráfego no momento da dispersão do público. 

As forças de segurança responderam com bombas de gás lacrimogênio. Pelas redes sociais, moradores e frequentadores do bloco relataram os momentos de tensão. 

O Bloco da Favorita, idealizado pela da renomada prometer Carol Sampaio, reuniu cerca de 300 mil pessoas em Copacabana e marcou a abertura oficial do Carnaval no Rio de Janeiro.

Agentes de segurança filmam momento exato em a viatura é atingida durante a dispersão do público no Bloco da Favorita.

Confusão e correria nas ruas de Copacabana.

Em meio ao caos e a baderna, muitas pessoas tentaram se abrigar no Copacabana Palace.

Através das redes sociais, moradores e diversos perfis relataram os momentos tensão.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui