Vigilância Sanitária vistoriou São Januário, que, além de estádio, tem recebido também os treinos do Vasco - Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio

Nesta terça-feira (23/06), a Prefeitura do Rio de Janeiro, representada pela Subsecretaria de Vigilância Sanitária, fez uma ampla vistoria nos centros de treinamento de 7 clubes cariocas de futebol. Ao todo, 11 infrações foram registradas e as respectivas agremiações foram notificadas a adequar seus espaços aos protocolos de saúde municipais para combater a disseminação do Coronavírus.

Entre os clubes de maior expressão, o Flamengo foi o único que apresentou total conformidade com as determinações do Poder Público. Já Botafogo, Fluminense e Vasco, de maneira geral, apresentaram alguns erros, que precisarão ser corrigidos (confira abaixo).

Equipes de diversos segmentos de fiscalização nas áreas de engenharia sanitária, alimentos, saúde e ambientes coletivos participaram da vistoria. Cada equipe realizou a fiscalização dentro da sua especialidade, verificando se o protocolo sanitário municipal está sendo cumprindo e orientando sobre as normas em vigor.

Dentre o descumprimento das Regras de Ouro da Prefeitura verificadas, estava a ausência de dispensadores de álcool e sabão líquido no lavatório, ausência de álcool em gel nas áreas de circulação, ausência de funcionários para limpeza, lixeiras inoperantes e ausência de lixeiras com tampas acionadas por pedal, além da ausência de cartazes informativos sobre as normas que precisam ser cumpridas. Também foi identificada a utilização de cabines de higienização, o que não é permitido pelas regras da Prefeitura.

Equipe da Vigilância Sanitária vistoriando o vestiário do Vasco, sob os olhares do diretor executivo de futebol cruzmaltino, André Mazzuco – Foto: Divulgação/Prefeitura do Rio

”Conforme determinado no decreto publicado essa semana pelo prefeito Marcelo Crivella, a Vigilância Sanitária iniciou um processo de inspeção nos clubes para verificar se eles estão cumprindo a legislação sanitária e as Regras de Ouro da Prefeitura, que é uma forma de conscientizar a população. Também verificamos se eles começaram a implantar os protocolos específicos determinados pelo órgão sanitário municipal. Também temos um papel educativo e levamos orientações para os administradores, equipes e colaboradores para que possam de maneira plena cumprir essas determinações”, explicou a subsecretária de Vigilância Sanitária, Márcia Rolim.

De acordo com Márcia Rolim, os clubes têm prazos para cumprir as normas sanitárias em vigor. Nos próximos dias, as equipes da Vigilância Sanitária retornarão aos centros de treinamento para verificar se os ajustes foram feitos.

Vale lembrar que o Campeonato Carioca, retomado na última quinta-feira (18/06), terá suas próximas 4 partidas disputadas no próximo domingo (28/06).

Confira o resumo completo das inspeções sanitárias nos CTs dos 4 grandes clubes do Rio:

  • Flamengo: Estava em conformidade com as regras;
  • Botafogo, Fluminense e Vasco: Foram identificadas cabines de higienização, ausências de dispensadores de álcool em gel e sabão líquido em lavatórios, de álcool em gel nas áreas de acesso e circulação, lixeiras inoperantes e falta de lixeiras com tampas acionadas por pedal, ausência de funcionários de limpeza, e ausência de cartazes informativos sobre as Regras de Ouro para a prevenção da Covid-19.


Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui