O Rio de Janeiro dá mais um passo em direção ao seu tão esperado soerguimento econômico. A BRF, uma das maiores empresas globais de alimentos, inaugurou, nesta quarta-feira (18/08), uma nova sede em Seropédica, na Baixada Fluminense. A unidade será voltada para a produção de salsichas e vai atender os fornecedores do Rio de Janeiro. O funcionamento da fábrica promoverá a abertura de dezenas de empregos, além de ativar mais elos na cadeia produtiva de alimentos no Estado.   A cerimônia de inauguração contou com as presenças do governador Cláudio Castro (PL-RJ) e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Vinicius Farah (MDB-RJ).

A abertura da fábrica da BRF representa mais uma vitória do Estado do Rio em seu esforço para frear o fechamento e a debandada de empresas, situações causadas por sucessivas crises de caráter político, econômico e de segurança pública. O governo planeja investir os valores arrecadados, através das concessões de serviços de água e esgoto, nos setores de infraestrutura e segurança pública, de maneira a gerar um círculo virtuoso para atração de mais empresas para o território fluminense.

Governador Cláudio Castro (PL-RJ) na cerimônia de inauguração da unidade da BRF no Rio

Em discurso, o governador Cláudio Castro ressaltou a importância da credibilidade para formação de um ambiente de negócios favorável, além de ressaltar a importância da inauguração da BRF e do leilão da Cedae como marcos para o desenvolvimento do Estado e geração de empregos. “A nossa grande missão hoje é recuperar a credibilidade do nosso estado. Esse investimento de R$ 300 milhões pela BRF e o leilão da Cedae são a grande prova disso. Além de todo o desenvolvimento econômico e social, tem também a questão da empregabilidade. As empresas estão voltando a investir aqui e a acreditar nesse estado. Isso nos deixa muito felizes. O Rio de Janeiro é grande demais para se deixar apequenar pelos problemas. Temos que aproveitar esses momentos para crescer e evoluir cada dia mais”, comemorou Cláudio Castro.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Vinicius Farah, por sua vez, enalteceu a presença da gigante de alimentos, que conta com 100 mil colaboradores e atua em mais de 130 países, ressalvando que, no Brasil, a BRF encontrará um ambiente de segurança jurídica para produzir de forma eficiente e sem sobressaltos. “A presença de uma gigante mundial como a BRF confirma o novo momento que o estado vive, de construção de um ambiente de segurança jurídica, livre de burocracia e, sobretudo, de confiança e credibilidade. Essa nova fábrica representa a retomada da relevância do Rio no cenário nacional e internacional”, destacou o secretário Vinicius Farah.

Empresas no Rio de Janeiro

Além da BRF, que completou 87 anos de atuação, o Rio de Janeiro também conta com novas unidades do grupo varejista Magazine Luiza e da montadora Stellantis, responsável por marcas como Citroën, Chrysler, Fiat e Peugeot.

PactoRJ

Apostando fortemente na retomada da economia fluminense, o PactoRJ é maior pacote de investimentos para fazer a economia do Estado do Rio voltar a crescer. Com investimentos previstos em áreas, como infraestrutura e segurança, a previsão é que R$ 17 bilhões sejam investidos em mais de 50 projetos nos 92 municípios fluminenses nos próximos três anos. Com as intervenções, a estimativa é que sejam gerados 150 mil novos postos de trabalho.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui