Foto Cleomir Tavares / Diario do Rio

Após solicitação do sindicato da categoria que representa os rodoviários, depois que foi informado que haveria demissões na empresa, a Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro anunciou um Plano de Demissão Opcional (PDO) para os funcionários do sistema BRTRio. A adesão pode ser feita até quinta-feira (27), mas a inscrição não significa que a demissão será automaticamente aceita pelo BRT.

De acordo com a Prefeitura, a redução da força de trabalho será feita de forma planejada e equilibrada para não prejudicar o serviço. Durante a análise do pedido, o funcionário deve continuar trabalhando.

Em comunicado assinado por Claudia Antunes Secin, que foi nomeada interventora do BRT, para a demissão ser aceita serão levados em conta os seguintes fatores: necessidade operacional; fluxos financeiros; requisitos legais; quantidade de vagas disponíveis.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui