Crônicas Cariocas: no embalo do sono

Pegar o ônibus em Curicica para saltar na Taquara, dormir e acordar no Centro, quem nunca? Felipe Lucena nos presenteia com mais uma Crônica Carioca.

Crônicas Cariocas: o Maraca é nosso?

É sempre bom ver o Maior do Mundo pulsando. A torcida (e a luta) é para que cada vez mais, nós tenhamos cada vez menos direitos suprimidos, mesmo que isso pareça uma vitória difícil.

Crônicas Cariocas: pega, ladrão

Crônicas Cariocas, situações que acontecem no dia a dia do Rio de Janeiro contadas por Felipe Lucena