Crônicas Cariocas: 6 dicas para se livrar de assaltos no Rio

O humor é o último refugio do desesperado- talvez por isso dê tão certo no Brasil. Ficam aqui 6 dicas para se livrar do crime no Rio, nem que seja com humor

Crônicas Cariocas: as quadrilhas do Rio

Não, não é sobre o PMDB, Felipe Lucena fala sobre as quadrilhas de festas juninas do Rio de Janeiro. Onde elas foram parar? Uma das causas? Violência

Crônicas Cariocas: sonhos não envelhecem

Felipe Lucena fala, em sua crônica da semana, sobre a tragédia que aconteceu no CT do Flamengo e sobre os sonhos que se perdem, mas que precisam continuar sendo nosso combustível para seguir em frente

Crônicas Cariocas: as quadrilhas do Rio

O título desta crônica é sugestivo, eu sei. Contudo, Felipe Lucena não vai falar de criminalidade no texto. Não diretamente, pelo menos.

Crônicas Cariocas: o povo do Rio não sabe usar guarda-chuva

Como a época de chuvas está chegando, vamos relembrar esta crônica que fala do mau uso que nós cariocas fazemos do guarda-chuva.

Crônicas Cariocas: cara ou coroa

Será que temos o sonhado poder de escolha em uma cidade cada vez pior e mais largada como a do Rio de Janeiro?

Crônicas Cariocas: a noite no Rio de Janeiro

As noites cariocas podem ser bem loucas, inesquecíveis, ou daquelas que você não lembra de nada no dia seguinte, mas também podem ser totalmente tranquilas

Crônicas Cariocas: desenrolo

Prática extremamente comum no Rio de Janeiro, o desenrolo, quando bem usado, é uma garantia de bom funcionamento da sociedade.

Crônicas Cariocas: esse futuro não tem volta

Não foram só peças do passado que se perderam no incêndio. Um pouco do futuro também se foi. E esse futuro não tem volta.

Crônicas Cariocas: o povo do Rio não sabe usar guarda-chuva

Nós, cariocas, não sabemos usar guarda-chuva. Basta andar por uma movimentada rua da cidade em dias chuvosos que se percebe isso de olhos fechados.

Crônicas Cariocas: nós precisamos de turistas para que conheçamos nossa cidade

Nós, cariocas, somos bandeirantes às avessas. Conhecemos o Rio através dos olhos dos outros

Crônicas Cariocas: Caô não é mentira

Felipe Lucena defende a tese de que Caô não é mentira. O Caô é uma verdade melhorada.

Crônicas cariocas: esporte ao ar livre x esporte atrás das grades

Com tanto problema grande em nossa cidade fica difícil focar nas coisas pequenas e não entrar no jogo perdido dos comentários sobre assuntos graves.

Crônicas Cariocas: bora marcar

O nosso “bora marcar”, que para muita gente não faz sentido, será comentado nesta Crônica Carioca

Crônicas Cariocas: o jeito correto de usar patinetes

Enquanto as autoridades não criam regras, nós, cariocas, usamos os patinetes da melhor forma, do nosso jeito correto