Crônicas Cariocas: o calor não vem esse ano?

Vocês não estão achando estranho esse clima que estamos vivendo já, praticamente, em dezembro?

Crônica do Cariello: Arnaldo Amado

Cariello em sua crônica fala de praia, protetor solar e de Arnaldo Baptista ou seria Amado Batista?

Crônicas Cariocas: Imagina na Copa…

Felipe Lucena fala, em sua crônica semanal, sobre o clima de festa da final entre Flamengo e River e sobre a final de 2020, que será aqui no Rio

Crônicas Carioca: o pai e o menino no ponto de ônibus

Em sociedades como a nossa, crescemos com a ideia de que sucesso é ter carro, mas isso vai na contramão de cidades desenvolvidas, onde o reflexo do "sucesso" é transporte público de qualidade - o que faz com que as pessoas usem cada vez menos carros

Crônicas Cariocas: subindo a Selarón

Até escada aqui ganha status de ponto turístico. A Selarón merece os elogios e a posição que ocupa no coração de turistas e cariocas

Crônicas Cariocas: um brinde ao chopp

Uma celebração à carioca prática de tomar um chopp

Crônicas Cariocas: o restante do país não ama chinelos como nós

Carioca usa chinelo nas mais variadas ocasiões e lugares. Quem não gosta desse nosso hábito está, certamente, botando os pés pelas mãos

Crônicas Cariocas: aula no ônibus

Em uma segunda-feira qualquer, no ônibus 383 (Realengo x Praça da República), às 18h, um aluno da Rede Faetec com o caderno aberto está explicando matemática para uma senhora
Vingadores, Cruzada das Crianças

Crônicas Cariocas: beijaço em toda a cidade

Na crônica da semana, Felipe Lucena ironiza propondo beijaços para chamar a atenção de Crivella e, com isso, fazer o Prefeito enxergar os problemas da Cidade

Crônicas Cariocas: o Rio visto pelos franceses

A famosa marca francesa Louis Vuitton tem um Guia que fala sobre diversas cidades do mundo. Obviamente há uma edição dedicada ao Rio de Janeiro. E não é que acertaram em cheio?

Crônicas cariocas: lição de praia

De fato, as democráticas praias cariocas têm muito a nos ensinar em tempos de tanta intolerância, incompreensão, falta de reflexão e diálogo.

Crônicas Cariocas: um Rio sem celular

Fiquei uma semana sem celular. Quem nunca teve um aparelho roubado ou furtado no Rio de Janeiro que atire o primeiro chip. Ou levante as mãos para os "cels"

Crônicas Cariocas: hábitos cariocas que incomodam o resto do mundo

Todas as populações têm suas formas específicas de viver, no Brasil, um país com dimensões continentais, não poderia ser diferente. Nós cariocas, incomodamos muita gente com nossos hábitos peculiares

Crônicas Cariocas: o busto sem nome do Centro do Rio

Até hoje a estátua segue sem nome, placa ou qualquer outra sinalização de quem é. Isso mesmo: não se sabe quem é o homenageado

Crônicas Cariocas: às gambiarras

Em sua crônica deste domingo, Felipe Lucena faz uma ode às gambiarras e aos cariocas, especialmente os suburbanos