Crônicas cariocas: esporte ao ar livre x esporte atrás das grades

Com tanto problema grande em nossa cidade fica difícil focar nas coisas pequenas e não entrar no jogo perdido dos comentários sobre assuntos graves.

Crônicas Cariocas: a lição que vem das praias do Rio

As praias cariocas não renegam ninguém. Estão sempre com as portas abertas e nos dão uma grande lição de democracia para continuarmos daqui para frente.

Crônicas Cariocas: o restante do país não ama chinelos como nós

Carioca, sempre que pode, usa chinelos. Às vezes, usa até quando não pode. Tem gente que usa até em casamentos...

Crônicas Cariocas: a noite no Rio de Janeiro

As noites cariocas podem ser bem loucas, inesquecíveis, ou daquelas que você não lembra de nada no dia seguinte, mas também podem ser totalmente tranquilas

Crônicas Cariocas: 6 dicas para se livrar de assaltos no Rio

O humor é o último refugio do desesperado- talvez por isso dê tão certo no Brasil. Ficam aqui 6 dicas para se livrar do crime no Rio, nem que seja com humor

Crônicas Cariocas: cara ou coroa

Será que temos o sonhado poder de escolha em uma cidade cada vez pior e mais largada como a do Rio de Janeiro?

Crônicas Cariocas: a sãopaulização das gírias do Rio de Janeiro

Admirador e, tantas vezes, praticante dessa forma de se comunicar, estou preocupado com a quantidade de gírias paulistanas que estão invadindo nossa cidade.

Crônicas Cariocas: frio no Rio de Janeiro

Frio, para a maioria dos cariocas, é como parente chato na nossa casa: a gente até diz que gosta, mas é ruim de aturar.

Crônicas Cariocas: cinema ‘interativo’

No cinema ninguém mais assiste o filme, liga o celular e fica conectado durante todo o filme, um cinema interativo.

Crônicas Cariocas: o povo do Rio não sabe usar guarda-chuva

Nós, cariocas, não sabemos usar guarda-chuva. Basta andar por uma movimentada rua da cidade em dias chuvosos que se percebe isso de olhos fechados.

Crônicas Cariocas: no embalo do sono

Pegar o ônibus em Curicica para saltar na Taquara, dormir e acordar no Centro, quem nunca? Felipe Lucena nos presenteia com mais uma Crônica Carioca.

Crônicas Cariocas: o Maraca é nosso?

É sempre bom ver o Maior do Mundo pulsando. A torcida (e a luta) é para que cada vez mais, nós tenhamos cada vez menos direitos suprimidos, mesmo que isso pareça uma vitória difícil.

Crônicas Cariocas: pega, ladrão

Crônicas Cariocas, situações que acontecem no dia a dia do Rio de Janeiro contadas por Felipe Lucena