Procuramos por emails do Governo do Estado para saber a razão de se recusar a dar transparências aos gastos, mas a página está fora do ar.

Afinal, precisamos de uma resposta, os gastos constando da Internet permite duas coisas simples, saber quem e como está gastando e indexando no Google, para quem for fazer a pesquisa sobre o nome de um servidor (comissionado ou não) encontrando os gastos ele.

Cabral rejeita publicar contas na internet

da Folha de S.Paulo, no Rio

O governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), vetou projeto de lei aprovado de três deputados estaduais da oposição que propunha colocar as contas do Estado na internet.

A decisão, publicada ontem no “Diário Oficial”, contraria promessa de campanha de Cabral, que havia assumido em agosto com a Firjan (federação das indústrias do Estado) o compromisso de abrir o Sistema Integrado de Administração Financeira para Estados e Municí­pios (Siafem) ao público.

Hoje apenas os integrantes do governo e os parlamentares têm acesso ao sistema, que permite o acompanhamento dos gastos públicos.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui