Dr. Jairinho - Foto: Foto: Flávio Marroso/CMRJ

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro vota nesta quarta-feira (30/06) a cassação ou não do mandato do vereador Jairo Souza Santos Júnior, mais conhecido como Dr. Jairinho. Ele é acusado de ter participação direta na morte do menino Henry Borel, de 4 anos, filho de Monique Medeiros, namorada do parlamentar, ocorrida em 08/03.

Na última segunda (28/06), vale lembrar, o Conselho de Ética da Câmara, por meio de 7 vereadores, aprovou que fosse realizada a votação.

Para que Jairinho seja afastado da função, é necessário que 2/3 dos parlamentares que compõem a Casa sejam favoráveis a isso, ou seja, ao menos 34 de um total de 50. Na sessão, os vereadores irão expor seus respectivos votos e justificativas e os advogados do acusado também poderão expor sua defesa.

O DIÁRIO DO RIO seguirá acompanhando a situação e informará em breve qual foi o parecer final sobre a possível cassação.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui