Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro - Foto: Reprodução/Internet

O suposto esquema de corrupção na Prefeitura do Rio de Janeiro intitulado de ”QG da Propina”, que será apurado pela Câmara Municipal, já tem todos os integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) definidos. Pelo Bloco Por Um Rio Mais Humano, os representantes serão os vereadores Dr. Jorge Manaia (Progressistas), Dr. Jairinho (Solidariedade), líder do governo de Marcelo Crivella, e João Mendes de Jesus (Republicanos). Já os vereadores Átila A. Nunes e Prof. Célio Lupparelli, ambos do DEM, serão os representantes do Bloco Independente Por Um Rio Melhor, e, pelo PSOL, como o primeiro suplente, o vereador Tarcísio Motta.

A CPI terá o prazo de funcionamento de 120 dias, prorrogável por até 60 dias.

Já na próxima quarta-feira (30), em ambiente virtual e presencial, será instalada, a partir das 13h, a CPI que vai investigar denúncia da existência de um grupo chamado Guardiões do Crivella, representado por servidores públicos do município do Rio de Janeiro. Os membros do colegiado são os vereadores Teresa Bergher (Cidadania), Dr. Jorge Manaia (Progressistas), Felipe Michel (Progressistas), Inaldo Silva (Republicanos) e Átila A. Nunes (DEM), e, como primeiro suplente, o vereador Paulo Pinheiro (PSOL). Haverá transmissão ao vivo pelo canal no YouTube da Rio TV Câmara.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui