Imagem meramente ilustrativa - Foto: Reprodução

Nesta sexta-feira (23/04), foi promulgada pelo presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Carlo Caiado (DEM), e publicada no Diário Oficial da Casa uma nova lei, de autoria da vereadora Vera Lins (PP), que obriga que as concessionárias fornecedoras de água, gás e energia elétrica no município do Rio ofereçam ao consumidor a possibilidade de quitar débitos pendentes no ato do corte do serviço fornecido.

Para tal, os agentes concessionários devem estar portando uma máquina de cartão que permita ao cliente o pagamento do débito antes da suspensão do fornecimento.

Vale ressaltar que a publicação desta nova norma no Diário Oficial da Câmara ocorreu por sanção tácita, isto é, quando o Poder Executivo não se manifesta sobre os projetos de leis aprovados e enviados para aprovação ou veto.

4 COMENTÁRIOS

  1. Essa água com gosto de terra…sabor geosmina….Mal tratada de propósito para ser privatizada é cara e vai ficar mais cara ainda!!A empresa tem mais é que usar pix , maquininha, o que for para facilitara vida do consumidor! ótima lei!

  2. Essa lei é uma sacanagem… Veja só: o cliente tem o prazo de pagamento da conta e mais tooooodo o prazo entre o aviso de corte e a sua efetiva realização. Até lá, a empresa não recebeu NADA e ainda terá o custo de mover equipe técnica!! – que não tem nada a ver com o comercial pra ficar mexendo em maquininha de cartão. Quem quer pagar a conta mesmo já deveria ter se coçado pra pagar. O que mais será necessário? Rastejar-se aos devedores e caloteiros suplicando pelo pagamento? Veja que na pandemia a ANEEL deu ordens para não cortar a luz – essa lei então vai ficar pra posteridade.

    A Light / Enel vão precisar de quantas mil máquinas agora? E se der problema na hora de passar o cartão? O eletricista tem mais o que fazer que não ficar resolvendo problema de maquininha de cartão… ele tem que trabalhar, coisa que dona Vera Lins aí parece que não faz.

    Por essas leis malucas e outros comportamentos arredios que o Rio de Janeiro é cada vez mais esvaziado: a desordem urbana e moral só aumentam.

    • Vai ajudar muita gente que perdeu renda durante a pandemia, se vc está conseguindo pagar sua contas em dia parabéns, mas saiba que grande maioria da população não está é se vc esta se doendo paga as contas de quem não está podendo pagar em dia.

    • Acredito que evitará que a medida extrema seja adotada e maiores transtornos para ambas as partes, inclusive ações judiciais para religar o serviço.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui