Cariocas reclamam de lixo acumulado e de moradores de rua em parque da Praça da Bandeira

Os moradores da região afirmam que já solicitaram várias vezes a limpeza do espaço e buscam o acolhimento para os moradores de rua

Foto: Reprodução

Moradores da rua Gonçalves Crespo, na Praça da Bandeira, reclamaram do abandono do parque Chinês, construído em 2019 no local. A denúncia foi feita ao portal “Grande Tijjuca”.

De acordo com os relatos de comerciantes e moradores ao portal, há cerca de dois anos, o local foi adotado pela Associação Cultural Chinesa, no programa Adote.Rio, e construído um pórtico em estilo chinês. Logo após a construção, vários erros estruturais foram encontrados como a obstrução de bueiros para o escoamento da água da chuva e o fechamento de vias de acesso às ruas do espaço.

Além disso, moradores de rua vem usando o espaço como dormitório, acumulando lixo e usando drogas em todo o parque. Os moradores já solicitaram várias vezes a limpeza do espaço e buscam o acolhimento para um grupo de pessoas que ficam no parque e na rua Mariz e Barros.

Ao “Grande Tijuca”, a Secretaria Municipal de Assistência Social da Prefeitura do Rio, disse em nota que “enviará equipe de abordagem social na região para realizar um diagnóstico da situação neste sábado (26). As abordagens sociais são realizadas de forma sistemática em toda a cidade, de acordo com planejamento prévio. Na região da Tijuca, elas são realizadas às terças, quintas-feiras e sábados. De janeiro de 2021 a março de 2022, foram realizadas, na região, 7.877 abordagens, 2.253 encaminhamentos de casos para outros órgãos e 197 acolhimentos em unidades de reinserção social. Este tipo de serviço também pode ser demandado pela população por meio do canal 1746 da Prefeitura“.

Já a Comlurb informou em nota “que a rua Gonçalves Crespo, na Tijuca, e o Parque Chinês instalado na rua estão com os serviços de limpeza e coleta em dia. Os serviços de varrição são realizados três vezes na semana, terças, quintas e sábado, a partir das 6h. A coleta também é feita três vezes por semana, segundas, quartas e sextas-feiras, a partir das 19h“.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui