Movimentação no comércio popular do Saara, no Centro do Rio (Foto: Dikran Junior)

A Fecomércio RJ firmou com o Sindicato dos Empregos do Comércio do Rio de Janeiro, o Termo Aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho, que permite a todas as empresas de comércio da capital, que tiverem interesse, o funcionamento na terça-feira de Carnaval (16/02/2021), e a adoção do horário integral na quarta-feira de Cinzas (17/02/2021), mediante a formalização de termo de adesão. Na segunda de Carnaval, fica mantida a autorização para o funcionamento normal do setor, tendo em vista que a prefeitura revogou o ponto facultativo para a data.

“Trata-se de um pleito da Federação que beneficiará os comerciantes de toda a cidade em um período atípico. O feriado foi mantido, mas as autoridades anunciaram que não vão permitir comemorações oficiais da data, como desfiles de escolas de samba e blocos de rua, por conta da pandemia. Para auxiliar os empresários nesta retomada econômica, conseguimos negociar a permissão para que as empresas do comércio da cidade funcionem normalmente nestas duas datas. Esperamos que a medida contribua para o aumento das vendas e dê a todos o fôlego necessário para o setor voltar a crescer”, explica Antonio Florencio de Queiroz Junior, presidente da Fecomércio RJ.

Em função da pandemia do Coronavírus, o Carnaval de 2021 no Rio de Janeiro foi cancelado. A prefeitura chegou a anunciar a realização da folia em junho deste ano, mas teve de recuar na decisão, em função do baixo número de pessoas imunizadas com a vacina contra a Covid-19 até o momento.

No total, mais de 130 mil pessoas já foram imunizadas no Rio. De acordo com a prefeitura, a expectativa é vacinar todos os idosos acima de 60 anos até o fim de março.

2 COMENTÁRIOS

  1. No transporte público tem aglomeração todos os dias, e o prefeito ainda não fez nada p mudar, era mais fácil manter o feriado e não deixar ter blocos.
    Parabéns aos q elegeram essa praga.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui