Carnaval 2022: Prefeitura autoriza subsídio de R$1,5 milhão para cada escola do Grupo Especial

O repasse de verbas para a elite do Carnaval volta a acontecer após ter sido suspenso na gestão de Marcelo Crivella

Desfile da campeã Viradouro no Carnaval 2020 (Foto: Reprodução Carnavalesco)

A Riotur oficializou nessa quinta-feira (16/12) que cada uma das 12 escolas do Grupo Especial receberá um subsídio de R$1,5 milhão a título de incentivo cultural. Os valores constam de despachos publicados no Diário Oficial, com data retroativa a segunda-feira. A informação foi antecipada pelo Jornal Extra. Na última edição do Carnaval, em 2020 , o ex-prefeito Marcelo Crivella não liberou recursos os desfiles.

Para o Carnaval de 2022, os ingressos das frisas e camarotes já estão esgotados. De acordo com a Liesa, mais da metade dos bilhetes para as arquibancadas já foi vendida. A Liga trabalha com a possibilidade de exigir comprovante de vacinação para espectadores e componentes das escolas de samba.

O Grupo Especial vinha sofrendo queda no orçamento de repasses. Passou de R$ 2 milhões em 2017 — autorizados na gestão anterior de Eduardo Paes — para R$ 1 milhão em 2018 e R$ 500 mil para cada escola em 2019.

Paes garante realização do Carnaval caso não haja mudanças nas atuais regras contra Covid

Em postagem feita nas suas redes sociais, nesta quarta-feira (15/12), Eduardo Paes confirmou a realização da folia em 2022. Contudo, o chefe do executivo municipal admitiu que ainda é cedo para se tomar uma decisão definitiva, e que a folia só irá acontecer caso não haja nenhuma mudança no atual cenário da pandemia de Covid-19.

“A não ser que haja uma mudança completa em todas as regras hoje existentes e no quadro da epidemia, o carnaval da Sapucaí é algo garantido. Já estamos discutindo com a Liesa regras muito restritas que serão apresentadas a nosso comitê científico”, postou Paes.

Definição sobre Carnaval 2022 será tomada até 15 de janeiro, diz Castro

Já o governador Claudio Castro, afirmou ao jornal “O Globo” que a decisão final sobre a realização do Carnaval de 2022 será tomada até o dia 15 de janeiro do ano que vem. Segundo o jornal, nesta data está programado o início do cronograma de ensaios técnicos das escolas de samba na Marquês de Sapucaí.

Ainda segundo Castro, o governo está monitorando os índices de contaminação da variante Ômicron da Covid-19 e da influenza. Com base nisso, a decisão será tomada mediante uma reunião com o prefeito Eduardo Paes.

Ainda é muito cedo para falar. Combinei uma reunião com o prefeito Eduardo Paes em janeiro. Até lá, vamos ver como fica a situação da Ômicron e da influenza”, disse.

Advertisement

3 COMENTÁRIOS

  1. Os blocos já estão agiTando as ruas do Centro do Rio e Zona Sul.
    Os barracões das escolas já estão a mil.
    A Cidade do Samba já acontece.
    As festas estãos sendo organizadas.
    É tomar a vacina, e o máximo de cuidado.

  2. Carnaval é uma festa privada que deveria dar dinheiro por si só. Prefeitura deveria dar dinheiro NENHUM. Carnavalesco que lute.

    Outro ponto é a inadequação da festa com a decretação de calamidade pública. Derruba a calamidade então!!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui