Carnaval de Rua 2020 - Bloco Só Caminha
Foto: Fernando Maia - Riotur

Bem que a presidente da Riotur, Daniela Maia, tentou aumentar o número de concorrentes para o carnaval de rua do Rio de Janeiro em 2022, mas a Dream Factory foi a única empresa a aparecer na última quinta-feira,  21/10, na sede da Riotur, para declarar que já tem tudo pronto para o carnaval do ano que vem. A informação é do Janela Publicitária.

Há 10 anos fazendo o carnaval de rua do Rio, a empresa tem como header Duda Magalhães, e pagou caro para aquele que promete ser o maior carnaval de todos os tempos. A Prefeitura do Rio mais do que dobrou o valor da outorga, ou seja, o quanto a organizadora paga pelo direito a fazer o trabalho. Em 2020, a outorga era de R$ 2,7 milhões. Em 2022, será de R$ 6 milhões.

Nesta terça, 26/10, Riotur deverá publicar no Diário Oficial do Rio a confirmação da agência como a responsável pelo evento, que, mais uma vez, terá o patrocínio da Ambev. Em 2020, a empresa de bebidas mudou a marca apoiadora do Carnaval. Saiu a Antarctica e entrou de volta a Brahma.

Novamente Daniela procurou aumentar o número de cervejeiras para participar do maior carnaval de rua do mundo, mas a Ambev ofereceu o total de R$ 38,9 milhões.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui