Carnaval: Rio terá feriado na terça-feira, mas sem pontos facultativos; entenda

Prefeitura da capital fluminense optou por só conceder 1 feriado durante o período de folia em 2022

Imagem meramente ilustrativa de movimentação carnavalesca em 2019 no Centro do Rio - Foto: Reprodução

O cancelamento do Carnaval de rua no Rio de Janeiro em 2022, paralelamente ao adiamento dos desfiles das escolas de samba para abril, deixaram muitos cariocas confusos em relação às datas previamente separadas para a folia, que acontecem nos próximos dias. Afinal de contas, será ou não feriado na capital fluminense? Talvez ponto facultativo? Para tirar essas dúvidas, o DIÁRIO DO RIO procurou a Prefeitura da Cidade Maravilhosa, que esclareceu a situação.

A Sexta-feira de Carnaval (25/02), que tradicionalmente marca o início do período de folia, será dia útil no município, assim como a Segunda (28/02) e a Quarta-feira de Cinzas (02/03). Vale ressaltar que, costumeiramente, esses dias são tratados como pontos facultativos no Rio, mas, desta vez, o prefeito Eduardo Paes não aderiu à ideia.

Já o Sábado (26/02) e o Domingo de Carnaval (27/02), por não serem dias úteis, sequer poderiam ser tratados como pontos facultativos. Portanto, serão encarados como um fim de semana normal, isto é, sem nenhuma diferença dos demais ao longo do ano.

Por fim, a Terça-feira de Carnaval (01/03) é considerada feriado estadual no RJ, e isso está mantido para 2022. Sendo assim, a Prefeitura da capital fluminense concederá o benefício à população.

Carnaval 2022 no município do Rio

  • Sexta-feira (25/02) – Dia útil
  • Sábado (26/02) – Fim de semana normal
  • Domingo (27/02) – Fim de semana normal
  • Segunda-feira (28/02) – Dia útil
  • Terça-feira (01/03) – Feriado
  • Quarta-feira de Cinzas (02/03) – Dia útil
Advertisement

7 COMENTÁRIOS

  1. Só criação de dúvidas.
    Eduardo Paes ganha o que com isso? O sindicato do comércio do Rio fez um acordo com a Fecomércio e funciona, até ai, uma categoria reslvendo o seu lado.Mas parece que o que o prefeito está fazendo é bater de frente com a resolução do Estado (que adotou ponto facultativo).
    Eduardo Pes está errando literalmente um quase tudo nesta sua volta a administração do Rio. Só ele que não vê. Juntar com Lula, e ainda dizer que foi ajudado nas Olimpíadas pele ex-presidente e pela ex-presidente afastada por impeachment Dilma. A população de olho sabe que de Legado as Olimpíadas não deixou quase nada, e o que deixou estão mais para elefantes brancos. A revitalização da Zona Portuária está muita coisa no papel, a Ciclovia Tim Maia nu buraco por empreiteira de amigos dele. E mais, não vejo o prefeito arruamndo nada com seu candidato a governador, votos junto as escolas de samba? me desculpe. Falei. Tem que cuidar mais da cidade, fazer o dever de casa.

    • Meu, viajou na maionese pois quem atua em nível local são as prefeituras
      Não tem essa de contrariar o estado.
      União, Estados e municípios têm autonomia administrativa.
      A Constituição determina quantos feriados e quais entes podem estabelecer.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui