Foto Cleomir Tavares / Diario do Rio

Essa é da série de absurdos que só acontecem no Rio de Janeiro. Segundo denúncia do portal G1, o carro oficial usado pela presidência do Detran-RJ soma 44 multas que não foram pagas pelo órgão de trânsito. As infrações, no valor total de de R$ 8.666,62, vão até junho deste ano. Uma delas, por excesso de velocidade, foi no dia 18 de janeiro, às 13h26, na Avenida Presidente Vargas, a poucos metros da sede do departamento, no Centro do Rio.

O veículo usado é um o Toyota Corolla placa RIS-1D74 e transporta o presidente do órgão, Adolpho Konder, o vice-presidente, Bernardo Roberto Cardoso Pinto.

Outras três multas gravíssimas, por avanço de sinal, aconteceram no mesmo lugar: a Rua Humaitá, na Zona Sul do Rio.

Outra infração, em Copacabana, também na Zona Sul, foi por usar a faixa exclusiva do BRS.

Em ofício, a empresa Nortesul Transportes, contratada pelo aluguel do carro blindado, cobra o pagamento das 44 multas.

O Detran-RJ informou que os carros usados pelo departamento são utilizados por motoristas profissionais que prestam serviços a todo o setor – neste caso, a toda a presidência.

Informou, ainda, que todas as infrações serão pagas e que os profissionais que cometeram as multas serão responsabilizados.

Ainda de acordo com o Detran-RJ, apenas duas multas estariam vencidas e ao todo seriam 22 infrações e não 44, uma vez que ainda estão dentro do prazo para apresentar o real infrator.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui