Casa da Moeda lança medalha dos 140 anos do Observatório do Valongo

Na moeda imagem do fundador do Observatório, Manoel Pereira Nunes, e na outra face um telescópio

Medalha comemora 140 anos do Observatório do Valongo, unidade da UFRJ | Foto: Divulgação/Reprodução

O Observatório do Valongo, unidade da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) completou 140 anos em 2021 e a Casa da Moeda lançou uma medalha comemorativa. Na moeda imagem do fundador do Observatório, Manoel Pereira Nunes, e na outra face um telescópio.

Segundo Helio Jaques Rocha-Pinto, atual diretor do Observatório do Valongo, o desejo da casa era o de ter celebrado mais a efeméride. “Em 1879, Manoel Pereira Reis, astrônomo e engenheiro, resolveu se desligar do Imperial Observatório devido a disputas internas com o diretor Emmanuel Lias. Dois anos depois ele funda o Observatório Astronômico da Escola Politécnica, sob o morro de Santo Antônio. É assim que o nosso observatório surge, desde seus primórdios, como observatório-escola, inicialmente destinado ao ensino da astronomia e geodésia aos futuros engenheiros formados pela Escola Politécnica. A urbanização da cidade irá exigir a derrubada do morro de Santo Antônio nos anos 20, forçando o observatório a se transferir para o morro do Valongo, denominação antiga da colina sudoeste do morro da Conceição, na Zona Portuária do Rio. É assim que ele passa a ser conhecido posteriormente: Observatório do Valongo””, diz.

A Casa da Moeda está vendendo a medalha na versão em prata (R$ 560,00) e bronze (R$ 145,00). Para adquirir e ter mais informações, acesse o site da Casa da Moeda.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui