Casa Firjan lança estudo e relatório sobre novas tendências que será divulgado no Rio Innovation Week

O mapeamento realizado pelo Lab de tendência prevê possíveis cenários para os próximos dois anos

Foto: Rio Innovation Week

Nesta quinta-feira (13/01), a Casa Firjan divulgou o estudo  Report Macrotendências 2022-2023, onde mapeia possíveis cenários para os próximos dois anos. O lançamento, que aconteceu durante o evento Rio Innovation Week, servirá como base para o desenvolvimento estratégico das empresas, com ele é possível verificar espaços híbridos integrando o físico e o digital, consumo de baixo impacto, metaverso e tecnologias para controlar os riscos da crise climática.

O novo relatório foi construído por uma equipe multidisciplinar que avalia as mudanças e constante evolução do contexto social, econômico e cultural, através de pontos de análise variados para mapear tendências onde indicam temas em destaque para os próximos anos. Vale ressaltar que a dinâmica híbrida integrando o físico e o digital seguirá sendo o foco de diversas empresas e governos, ou seja, repensar o nível de imersão dos espaços físicos para que eles não se tornem nulos em relação aos avanços digitais ainda é um grande desafio.

Com o avanço do e-commerce, temos visto lojas físicas se colocarem não apenas como um ponto de venda, mas como um espaço de entretenimento para além da compra dos produtos. Um desses exemplos é a mega loja das Casas Bahia, inaugurada recentemente em São Paulo e que foi criada para ser um laboratório de inovação e experiência imersiva”, comenta Ana Carolina Machado Fernandes, coordenadora do Lab de Tendências da Casa Firjan.

Segundo recente pesquisa realizada pela All In e Social Miner aponta que cerca de 60% dos consumidores brasileiros já utilizam de forma híbrida e na área da educação as instituições de ensino investem e se reinventam no intuito de estabelecer pequenos mundos online. “A Universidade de Stanford, recentemente lançou sua primeira aula ministrada totalmente em realidade virtual. Mais um exemplo que traz novas experiências em um mundo cada vez mais interconectado”, complementa a pesquisadora Isabela Petrosillo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui