Casos de furtos crescem 145% na Tijuca em 2022, segundo o Instituto de Segurança Pública

Na última terça, uma mulher foi agredida a socos durante um assalto. Ela teve que fazer reparação na face

Mulher é barbaramente agredida em assalto, na Professor Gabizo, na Tijuca / Reprodução

A última terça-feira (24) foi de pavor para uma mulher que passava na rua Professor Gabizo, na Tijuca, na Zona Norte da cidade. Dois jovens, que estavam de bicicleta, roubaram o celular da vítima na base de socos no rosto. A mulher, que estava à pé e sozinha, calçava uma bota ortopédica que dificultava a sua marcha. A vítima teve que ser hospitalizada para cirurgias de reparação da face após o crime. As informações são da BandNews FM e do G1.

Agentes da 18ª DP (Praça da Bandeira) identificaram Jhean da Silva Chagas como o assaltante registrado nas imagens. Com ele também estava uma menor de 17 anos e uma comparsa, que foram detidas pelos policiais como suspeitas de participação no ato bárbaro.

A Polícia Civil informou, por meio de nota, que chegou aos criminosos após fazerem o rastreamento do telefone roubado. Os agentes encontraram o aparelho da vítima com a menor, assim como a bicicleta usada no assalto, no Morro da Mineira, no Catumbi, Região Central do Rio.

A adolescente foi levada para a Delegacia da Praça da Bandeira e depois para a Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima.  A polícia pediu a prisão preventiva de Jhean no plantão judiciário.

Dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) demonstram que a incidências de crimes cometidos no tradicional bairro da Zona Norte aumentou. Os furtos cometidos na região registram um acréscimo de 145% em 2022, no comparativo a 2021. Somente abril, foram registrados 334 casos, contra 99 no ano passado – um aumento de 237%.

De acordo com o presidente Conselho Comunitário de Segurança da Grande Tijuca, Jaime Almeida, o aumento da incidência de crimes na Tijuca tem como uma das causas a falta de efetivo da Polícia em determinados horários.

A Polícia Militar comunicou, via assessoria de imprensa, que trabalha diuturnamente para coibir a incidência de crimes na Tijuca, além de trabalhar para a identificação e prisão de criminosos que roubam os pertences e o sossego da população.  

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Podem ficar tranquilos bandidagem: os partidos de esquerda, principalmente PT, PSTU, PCdo B (e outros lixos!) já estão lá cuidando dos marginais, estes monstros, que segundo o tal de Freixo, se referindo a estes bandidos m: “eles que são as verdadeiras vítimas da sociedade, e não as pessoas atacadas!”.
    Todos contra o comunismo e estes seus seguidores e propagadores de tudo que não presta!.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui