Aglomeração na porta do Maracanã antes de Brasil x Argentina na final da Copa América 2021 - Foto: Reuters

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) foi multada em R$ 54 mil pela Prefeitura do Rio de Janeiro, mais precisamente pela Vigilância Sanitária da capital fluminense, devido à confusão ocasionada na entrada do Maracanã no último sábado (10/07), antes da final da Copa América, na qual o Brasil foi derrotado pela Argentina por 1 a 0 no referido estádio.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), responsável pelo Instituto de Vigilância Sanitária, a multa aconteceu por conta dos seguintes problemas constatados pelos agentes:

  • Registros de aglomeração de torcedores nos acessos ao estádio;
  • Desorganização em relação ao credenciamento de convidados;
  • Não escalonamento de horário na chegada ao jogo;
  • Estrutura de acolhimento não suficiente para o porte da partida;
  • Desrespeito ao distanciamento mínimo exigido de 2 metros entre as pessoas;
  • Não uso de máscara por parte do público;
  • Não realização do teste de Covid-19 em alguns convidados.

A SMS também informa que investigará a denúncia de que convidados apresentaram testes de Covid falsos para tentar entrar no Maracanã. Em contrapartida, a pasta diz que foi respeitada a limitação de público de 10% da capacidade de cada setor, conforme determinado pela Prefeitura.

Antes do início de Brasil x Argentina, houve um grande tumulto nos portões do Maracanã, com torcedores se aglomerando para tentar adentrar o estádio para assistir ao jogo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui