Mucha - "Zodíaco", litografia de 1896. — Foto: Divulgação

O Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro (CCBB RJ) está lançando o tour virtual pela mostra Alphonse Mucha: o legado da Art Nouveau, que fica em cartaz na Capital Fluminense até 28 de fevereiro. O ponto cultural disponibilizou o catálogo oficial da mostra. Na próxima sexta-feira (05/02), às 11h, o público ainda poderá acompanhar webinar com a curadora Ania Rodriguez – as inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo link.

Com sonorização e detalhes de todos os ambientes das galerias do CBBB, o passeio tem início no painel de apresentação da mostra, permitindo a visão em 360º das setes salas ocupadas pelas mais de 100 obras oriundas da Fundação Mucha, em Praga. Também é possível conferir a cronologia do artista, considerado o ícone máximo da Art Nouveau.

O lançamento do tour virtual 360º acompanha o caráter inclusivo do CCBB em transpor suas atividades também para o meio digital. “Diante da pandemia precisamos nos adaptar. Desde abril de 2020, investimos em projetos online para dar continuidade a nossa missão de levar arte e cultura para as pessoas. Agora, com a exposição de Alphonse Mucha, não poderia ser diferente”, afirma a gerente-geral do Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro, Sueli Voltarelli. “Estamos com a exposição aberta desde novembro, mas também queremos oferecer atividades virtuais àqueles que não querem ou não podem visitar presencialmente o CCBB neste momento”, completa.

Blocos expositivos

A mostra está dividida em quatro momentos, que destacam as nuances da carreira do pintor tcheco. O primeiro deles, Mulheres: Ícones & Musas, traz o ponto alto da trajetória de Mucha, com cartazes dos inesquecíveis espetáculos da atriz Sarah Bernhardt, além de anúncios de marcas de cerveja, cigarros, caixas de biscoito e embalagens de perfume, entre outros itens.

Criado em uma nação que lutava pela independência – à época, a República Tcheca vivia sob o domínio do Império Austro-Húngaro –, Mucha cultivava o desejo da libertação do povo eslavo. Assim, em diversos desenhos é possível observar elementos dessa cultura. Essa faceta até então oculta do artista é bem percebida em duas seções: a primeira delas intitulada O Estilo Mucha – Uma Linguagem Visual e, a outra, Beleza – O Poder da Inspiração. As gravuras dessa época são também um ensaio daquilo que geraria a obra-prima de Mucha: a Epopeia Eslava, representada por projeções na exposição.

No último ambiente, o Legado do Estilo Mucha, estão peças de artistas que se inspiraram na obra do pintor. Artistas gráficos de Londres e São Francisco utilizaram o traço característico de Mucha para refletir a cultura emergente do rock psicodélico em cartazes. Ele também é reconhecido por inspirar os mangás, representados por edições sul-coreanas e japonesas na mostra.

O Shopping Paço do Ouvidor é referência no Centro do Rio. Passa no Paço

CCBB em casa: conversa com a curadora

Em 5 de fevereiro, a partir das 11h, o CCBB Rio de Janeiro promoverá um webinar para conectar o público com a curadora da exposição, Ania Rodriguez. A inscrição é gratuita e pode ser feita por meio do link www.bit.ly/muchaccbb. Na ocasião, Rodriguez responderá perguntas do público e contará curiosidades da mostra.

Alphonse Mucha: o legado da Art Nouveau

Sob a curadoria de Tomoko Sato e Ania Rodriguez, a mostra gratuita fica em cartaz no CCBB Rio de Janeiro até 28 de fevereiro. A visitação segue uma série de protocolos sanitários e exige agendamento prévio pelo site ou aplicativo Eventim. Mais informações pelo link.

SERVIÇO
Tour virtual pela mostra Alphonse Mucha: o legado da Art Nouveau
Acesse em: www.bb.com.br/cultura
Gratuito

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui