A Cedae inaugurou na manhã desta quarta-feira (04/08) o novo Centro Arquivístico da Companhia, localizado no Caju, Região Portuária do Rio. O espaço foi totalmente modelado para armazenar papéis e documentos da empresa, visando uma melhor acomodação e localização dos mesmos.

A estrutura, reformada para atender as exigências específicas para este tipo de função, conta com dispositivos de combate a incêndio, controle de temperatura e umidade e câmeras de vigilância a fim de assegurar a integridade dos documentos.

O imóvel vai reunir diversos arquivos históricos da Companhia, principalmente os que ficavam antes na Rua de Santana e estavam sob risco. Teremos aqui materiais que contam não só a história da Cedae, mas também da água e do esgoto no município e Estado do Rio de Janeiro. O objetivo é reconstruir e preservar a cultura da empresa – destacou o presidente da Companhia, Leonardo Soares.

Neste Centro Arquivístico – que servirá também como instrumento para preservação da história da Companhia – serão armazenados documentos importantes, como registros da chegada do abastecimento à cidade do Rio de Janeiro.

A unidade também conta com outro espaço onde funciona a oficina de reparos e a Companhia planeja utilizar para prestar serviço para as novas concessionárias de saneamento.

1 COMENTÁRIO

  1. Tinha que arquivar a CEDAE. Privatização JÁ! Inclusive da produção de água. Com a CEDAE produzindo água, ainda beberemos água com dejetos e esgoto.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui