A Companhia Estadual de Água e Esgoto (Cedae) decidiu suspender a cobrança das contas com vencimentos em maio, junho e julho, para os clientes da empresa que pertencem às categorias de tarifa social e comércio de pequeno porte. De acordo com o governo do estado, aproximadamente 230 mil matrículas serão atendidas, beneficiando cerca de um milhão de pessoas.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

A autorização do governador Wilson Witzel, publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (25/03), tem como objetivo proporcionar um respiro financeiro ao orçamento de famílias e empreendedores no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. A Cedae informou que atenderá prontamente à determinação.

O Poder Público informou também, que a suspensão de cobrança se aplica às categorias de tarifa social e comércio de pequeno porte. As demais categorias receberão suas contas normalmente.

A Cedae também anunciou que já suspendeu todos os serviços de corte de abastecimento. Assim, não haverá interrupção do fornecimento de água. Esta ação se aplica a todos os clientes, enquanto durar o período de crise.

Veja como funciona a tarifa social da Cedae:

Tarifa de água diferenciada destinada a comunidades carentes e a conjuntos habitacionais para moradores de baixa renda que apresentem documentação descrita no Decreto 25.438/99.

Para os efeitos do presente Decreto considera-se Comércio de Pequeno Porte aquele que possui uma só matrícula e uma só economia hidrometradas e com acesso direto às ruas, observado o limite de 10m³ de faturamento mês.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui