Celular A ALERJ aprovou ontem a proibição do uso de celulares, rádio transmissores, palm tops e similares dentro de agências bancárias no estado do Rio de Janeiro. O PLei 3.104/10, que cria a proibição é do deputado Domingos Brazão (PMDB), que diz teria se inspirado em lei similar da Argentina e que poderia diminuir o crime “saidinha do banco”.

 

E serão os funcionários do banco e os vigilantes da agência os responsáveis por garantir o cumprimento da norma, que deverá ser divulgada pelos estabelecimentos através de cartazes nas agências.

A lei tem de ir para aprovação do governador Cabral, que tem 15 dias para sancionar ou vetar a lei. E, pergunto, como assim são os celulares os culpados pelos roubos agora? Parece a história de vender o sofá… será que não passou pela cabeça do deputado que o “saidinha de banco” é um problema de segurança pública e não de telecomunicações?

 

Daqui a pouco não vou estranhar se for criada uma lei proibindo os carros em túneis para evitar o arrastão…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui