Foto: Reprodução

Nas ruas de Santa Teresa, uma cena chamou a atenção e despertou curiosidade dos moradores. Uma fila de viaturas policiais, todas abandonadas, na Rua Almirante Alexandrino, como se fosse um cemitério dos veículos.

Nas redes sociais, as imagens repercutiram e causaram revolta, com pessoas citando o descaso com os veículos e com o uso do dinheiro público e destacando se tratar de uma falta de respeito com os moradores.

O programa bairro seguro chegou em Santa Tereza. Já estas viaturas viraram sucata no bairro“, diz uma publicação o perfil Alerta Zona Sul.

O DIÁRIO DO RIO entrou em contato com a Polícia Militar, que enviou uma nota afirmando que “há um processo administrativo de Descarga Patrimonial em curso e que as viaturas que não estão em condições de uso posteriormente serão leiloadas, com a reversão desses recursos para os cofres públicos”.

São viaturas cuja recuperação torna-se inviável, por apresentarem avarias que ultrapassam 75% do valor do veículo, consideradas como “perda total”. Esses veículos aguardam a finalização de um processo documental. Enquanto isso, a frota da PM segue sendo renovada anualmente para atender as demandas operacionais da Corporação“, diz a nota.

Com relação às viaturas das unidades Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), a PM afirmou que já teve início o serviço de remoção dos veículos que tiveram processos de descarga concluídos, e as vias onde se encontram serão totalmente liberadas em breve.

“A CPP vem acompanhando esse processo e já realizou a retirada de 55 veículos desde o mês passado em outras bases de UPPs no estado“, finaliza o texto.

Bairro Seguro

Neste sábado, Santa Teresa ganhou três bases fixas do projeto ‘Bairro Seguro’. O programa irá oferecer cinco viaturas para fazer patrulhamento 24 horas no bairro. A área tem cerca de cinco quilômetros quadrados e possuirá um esquema diferenciado de monitoramento, devido às suas condições geográficas, topográficas e socioeconômicas.

1 COMENTÁRIO

  1. O Brasil é o país da COMPRAS, compra-se tudo para a polícia, resolvem o problema de segurança comprando viaturas, pistolas, coletes, fuzis, revólveres…Depois jogam tudo fora. Pra tudo isso tem dinheiro sobrando, só não tem para investir em prevenção de crimes, inteligência, sistema informatizado de digitais… E o que é FUNDAMENTAL para resolver o problema da nossa polícia definitivamente: Transformar a polícia atual em polícia de ciclo completo, como acontece em TODOS os países de primeiro mundo.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui