O mais famoso e tradicional Cemitério carioca, o São João Batista, em Botafogo, vai passar por uma grande modernização, e a Pedra Fundamental dessa reforma vai ser lançada no dia 28 de novembro. O novo complexo vai englobar um avançado Cemitério Vertical, equipado com tecnologia de ponta, o primeiro crematório desta região da cidade e, ainda, um programa de resgate da história da fundação do Estado e Município, através das suas valorosas obras de arte e personalidades sepultadas no campo santo.

O Felipe Lucena escreveu algumas histórias interessantes sobre o São João Batista que merecem ser lidas.



O projeto do novo complexo Cemiterial São João Batista surgiu através de uma parceria entre a Concessionária Rio Pax e a Coordenadoria Geral de Controle de Cemitérios e Serviços Funerários da Cidade do Rio de Janeiro, com o objetivo de trazer para o município os conceitos tecnológicos e sustentáveis mais avançados e disponíveis no setor. A preservação do acervo cultural e a memória histórica do Cemitério, fundado em 1852 por D. Pedro II, são pontos de destaque do empreendimento. Usando elementos criativos e lúdicos, as visitas ao lugar serão conduzidas por um “túnel do tempo”, fazendo com que as pessoas se sintam parte da história do Rio. O modelo foi inspirado nos mais famosos cemitérios da Europa, considerados os mais importantes pontos turísticos destes países.

Novo Complexo São João Batista

O projeto, com previsão de conclusão para o 1o semestre de 2020, ainda na atual gestão, inclui a construção do mais moderno crematório do Brasil. Também estão previstas novas capelas e salas que terão velórios personalizados, um columbário onde poderão ser guardadas as urnas com as cinzas, representando verdadeiros memoriais de homenagem das famílias aos seus entes queridos, além de seis blocos com mais de três mil jazigos e nichos com tecnologia sustentável, a mais moderna do país e reconhecida internacionalmente. Haverá ainda áreas de repouso para as famílias, além de toda a infraestrutura necessária para o maior conforto e aconchego, no momento de despedida.

No dia do lançamento já serão inaugurados gavetas e nichos equipamentos com tecnologia de ponta, na parte antiga do Cemitério. Terão um sistema integrado de sepultamento biosseguro, com controle inteligente, de forma automatizada, de estanqueidade e tratamento de gases por dissociação molecular.

Memórias do São João Batista

O São João Batista reúne um inestimável patrimônio histórico e cultural em uma área de quase 225 mil metros quadrados. Entre os mais de 40 mil jazigos e 300 mausoléus, estão diversas personalidades nacionais como Santos Dumont, Carmem Miranda, Oscar Niemeyer, Tom Jobim, Cândido Portinari, Cecília Meireles, Ary Barroso, Luis Carlos Prestes, Clara Nunes e Cazuza. No dia do lançamento, os convidados poderão usufruir desta riqueza cultural, através das experiências que serão oferecidas, como um túnel do tempo, que será inovador em uma inauguração do segmento.

Com o novo Complexo, o turismo cemiterial será promovido e estimulado, visando o resgate do patrimônio histórico brasileiro, no momento em que a cidade perde um de seus mais relevantes Museus. “Como já ocorre na Argentina e na França, pretendo estimular o interesse da população carioca para enxergar o São João Batista como uma opção de roteiro turístico e cultural, que já recebeu o título de maior exposição de Art Nouveau a céu aberto na América Latina. Lá também é possível aprender muito sobre a história do Brasil e de suas personalidades. Meu sonho é colocar os cemitérios que estão sob a concessão da Rio Pax, em um patamar de excelência, nunca visto antes no Município do Rio de Janeiro, e meus ideais estão completamente alinhados com a visão estratégica da Coordenadora Geral da pasta, pois o mercado tem sido direcionado e orientado adequadamente por sua visão de crescimento sustentável do ramo cemiterial” – conclui Geraldo Monge, presidente da Concessionária Rio Pax.

5 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns. Quando vou a Paris visito sempre o Père La Chaise. Sou louco para visitar esse cemitério mas o medo impera e com essa no a adm acho que vai ser ótimo. Torço pelo êxito

  2. Sumiram com os ossos do meu pai e nem ligaram pra perguntar se podia . Que modernização vai ser essa agora?Qdo fui procurar pra exumar vieram com a conversa q estava no ossário coletivo . Alguém me
    Comunicou pra saber se eu queria ? VTC.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui