Centro de coleta de recicláveis é inaugurado na favela da Rocinha

O projeto pretende reduzir o excesso de lixo produzido na comunidade, que atualmente é de 160 toneladas de resíduos por dia; os coletores cadastrados no programa vão receber uma remuneração extra

Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira, (08/06), será inaugurado um novo centro de coleta de recicláveis na favela da Rocinha, Zona Sul do Rio. A empresa Plastic Bank, responsável pelo projeto, vai capacitar os moradores das comunidades do Rio para realizarem a coleta seletiva do lixo no local onde habitam.

O novo centro que será instalado fica no Complexo de Esportes da Rocinha (Rua Bertha Luz, 84).

A meta, na fase inicial do projeto, é retirar cerca de 30 toneladas de plástico por mês da favela. Atualmente, a comunidade produz aproximadamente 160 toneladas de resíduos sólidos por dia. Os coletores cadastrados no aplicativo da empresa vão receber uma remuneração extra, em forma de bônus, por quilo de material plástico vendido no local.

Em parceria com a SC Johnson, a iniciativa pretende reduzir um dos principais problemas sanitários e ambientais da Rocinha e da praia de São Conrado: o excesso de lixo, principalmente PETs e outros plásticos, que descem pelas ruas da comunidade com as chuvas.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui