Imagem de Michael Treu por Pixabay

Estudo realizado pela Startup Economapas revela que o centro do Rio conta com a maior quantidade de farmácias da cidade. Só na Avenida Rio Branco, onde circulam cerca de 600 mil pessoas por dia, estão localizados 95 dos 116 de estabelecimentos farmacêuticos de todo o bairro.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

O centro da cidade além de ser um local de concentração de empresas dos mais variados seguimentos também possui uma população residencial de 12 mil pessoas. Nesta área, o gasto mensal com assistência em saúde e medicamentos chega a mais de R$ 34 milhões, somente de pessoas flutuantes e R$ 758 mil entre os moradores do bairro.

De acordo com a pesquisa, Copacabana é o segundo local com maior número de farmácias do município. Ao todo, o bairro da zona sul carioca tem 109 estabelecimentos farmacêuticos, seguido pela Tijuca com 92 farmácias, Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes com 76 farmácias, Campo Grande, com 59 e, de volta a Zona Sul, 41 no bairro de Ipanema.

Pao-do-Ouvidor
Cada vez mais, o Shopping Paço do Ouvidor se fortalece como ponto de encontro no Centro do Rio. Passa no Paço.

Os dados da pesquisa foram coletados de mais de 500 bancos de dados públicos como IBGE e Receita Federal. Informações de associações comerciais e empresas como Serasa, Google e Facebook também foram utilizados pela Startup para elaboração do estudo.

Vanessa Costa
Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui