Nesta terça e quarta-feira (10 e 11/08), o Procon Estadual do Rio de Janeiro realizou a Operação Alimento Legal em oito supermercados da capital, São João de Meriti e Duque de Caxias, e também em um estabelecimento de São Gonçalo. A ação coordenada com o apoio do Instituto de Pesos e Medidas (IPEM), da Delegacia do Consumidor (Decon) e da Secretaria Estadual de Fazenda apurou denúncias de consumidores e do Ministério Público Estadual.

Dos oito supermercados vistoriados, houve descarte de produtos impróprios para o consumo em sete. Os agentes constataram alimentos vencidos e sem informação sobre a data de validade e especificação na Rede Economia (40,1 kg), Prezunic (41,752 kg) e Supermarket (30,390 kg) de Campo Grande, Guanabara de Santa Cruz (7,478 kg) e Duque de Caxias (2,4 kg, Prezunic (13,5 kg) e Rede Economia de São João de Meriti (51,464 kg). Neste último, encontraram ainda carne moída pré-moída (7,484kg), assim como na unidade de Campo Grande (34,1 kg), o que não é permitido por lei.
Publicidade enganosa foi constatada pelos fiscais no Prezunic de Campo Grande e Guanabara de Duque de Caxias. A oferta especial do “Mr. Músculo Cozinha”, que é composto por um produto limpador desengordurante mais um refil, é mais cara do que se o consumidor comprasse os itens separadamente, induzindo o consumidor em erro. Outro caso foi identificado no Supermarket da Ilha do Governador com detergente Ypê.

Ainda no Prezunic, há oferta de carnes por R$ 23,90 se o pagamento por efetuado pelo aplicativo, porém não é informado o valor dos produtos sem o referido app, não sendo possível constatar se há ou não preço promocional, sendo considerado uma forma de publicidade enganosa.

Apesar de ser proibida a comercialização da sacola plástica acima do preço de custo, tanto no Supermarket quanto no Prezunic de Campo Grande os fiscais constataram que o item é vendido por valor superior ao de custo, infringindo a lei 8473/19.

Os fiscais do IPEM identificaram irregularidades na aferição da balança de um dos caixas do Prezunic de São João de Meriti. A unidade da Rede Economia do mesmo bairro foi notificada pela Secretaria de Fazenda a apresentar nota fiscal de uma marca de whisky para comprovar a origem do produto.

Na padaria Leila, situada no bairro Neves em São Gonçalo, os fiscais identificaram condições de higiene deploráveis. Chão e paredes sujos, assim como os equipamentos, que ainda apresentavam ferrugem. Alimentos armazenados no diretamente no chão, junto de itens que seriam descartados. Apesar de não possuir autorização para utilizar botijão de gás, os agentes encontraram três no local. A cozinha e área de preparo dos alimentos foi interditada.

55 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente essa é a realidade de muitos mercados, no mercado rede economia do marambaia SG vira e mexe tem coisas ruins lá , eles trocam as etiquetas e colocam outras datas um absurdo, já teve caso de eu voltar duas vezes no mercado pra trocar mercadoria q estava ruim, e na data de validade ou pelo menos é o que estava na etiqueta , é claro que agente evita algumas vezes esse transtorno de levar algo q não está bom, então mesmo olhando validade das coisas agente está propício a ter esse transtorno, então tem q ser rotina da vigilância sanitária sim, eles tem q fazer essa varredura constantemente porq só assim esses safados q colocam o preço das coisas lá em cima toma vergonha na cara e com medo não vai dar esses moles d deixar nada estragado pras pessoas comprarem.

  2. Sou cliente do Supermercado COSTA AZUL – Campo Grande, Rio de Janeiro – RJ. Lá não tem nada disto! É proibido vender produtos fora da data de validade. Os alimentos são fresquinhos e as dependências internas do Supermercado são limpinhas, Padrão Primeiro Mundo.
    É verdade que pagamos um pouco mais nas compras, mas QUALIDADE NÃO TEM PREÇO!

  3. A vigilância sanitária tem que dá uma olhadinha no Guanabara de Bangu. Dia 10/08/21 comprei carne moída a vaco podre lá.

  4. O Procon do Rio de janeiro deveria vir a Angra dos Reis RJ para averiguar várias irregularidades nos supermercados de Angra dos Reis, preços abusivos, mercadorias sem preço, e sem dizer que nós consumidores não consegue exercer nossos direitos.

  5. Essa Marcela veio ofender gratuitamente as pessoas falando besteira. Marcela, o analfabeto não vai ao mercado?! Ninguém nunca foi ao mercado com pressa?! Alguém garante que as carnes (latu sensu) e outros produtos vendidos a granel não são remarcados?! Pense antes de falar…

  6. Marcela vc quer dizer que os super mercados podem misturar produtos vencidos com produtos na validade? Ou seja,o consumidor que tem que perder o tempo olhando tudo que tá escrito nos produtos. Então não faz sentido ter a fiscalização sanitária do governo,se todas as pessoas já vão fiscalizar. Pra que ter polícia se eu posso andar armado e reagir a um possível assalto. Vejo que vc não entendeu a importância da fiscalização. Se acha a certinha. Kkkkk

  7. Tem q ter todo dia fiscalizacao….. Por isso existem fiscais….ficamos refem dos grandes empresarios de supermercado.isso é um abuso.

  8. Apenas IMBECIS, compram alimentos vencidos, Por que vai botando tudo no carrinho, sem ler, sem ver a validade, sem ver a procedência.. . porque eu vejo tudo, principalmente a validade. Porque o ser humano é terráqueo, ele está em toda parte, o capitalismo também.. a falta de respeito também…. Cabe ao CONSUMIDOR, ter a vergonha na cara, de ver o que que tá comprando, prestar atenção, e ler direitinho a validade. se é produto novo, ver a procedência, e carne, também não se confie comprar em qualquer lugar

    • Você é burrinha mesmo, hein?
      Antes de falar pense!!!!
      No seu caso acho impossível devido o que escreveu!
      Quando souber pensar corretamente, volte com um pouco de humildade.

  9. Compo grande no mercado Carrefour campo grande comprei uma carne que veio podre como está de máscara não sentia o cheiro mais quando abrir em casa a cozinha ficou fedendo um absurdo estamos precisando de uma fiscalização nos mercados do bairro São Geraldo e pedregoso mercado funcionando com obras mercadoria vencidas ambientes muitos sujos

  10. Se essas fiscalizações fossem rotineiras, teríamos menos problemas mas infelizmente só acontecem com grande espaço de tempo. Só ouviremos falar desse assunto novamente talvez em dezembro. O mesmo ocorre com os postos de combustível que são fiscalizados (muito mal) esporadicamente. Em se tratando de Brasil, dá pra imaginar que alguém (muitos) leva vantagem nesses episódios.

  11. A maioria dos supermercados vendem carne já pré moída e muito cara aqui no zona sul da barra a carne moída e muito cara no guanabara da av. Das americas o fritar está cheio de carne já moida

  12. Procon precisa fiscalizar o supermercado rede economia que fica na praça da colônia em Pedra de Guaratiba
    estão vendendo Frango sem condições de consumo

  13. Resido em Jardim América e sugiro uma fiscalização séria nos estabelecimentos comerciais do bairro urgente. É muita sujeira e irregularidades.

  14. Gostei dessa blitz nos supermercados, mas venham aqui na antiga estrada Rio São paulo em CAMPO GRANDE, no supermercado super markete

  15. Venham no Guanabara de Realengo da Estrada da Água Branca. Estão cobrando a sacola 0,08 centavos e a carne estão cobrando para moer 4,00 reais a mais

  16. O supermercado Super Compras na estrada do Lameirao em Santíssimo, vende carne moída colocada na vitrine do mercado. Sabemos que é proibido.

  17. Sugiro à fiscalização, uma visita ao Supermercado Mundial Botafogo, especialmente na seção de frios. Azeitonas em líquido sujo (Já encontrei até inseto quando cheguei em casa). Um nojo! Nunca + compro frios lá. Fora q muitos itens sem preço e funcionários treinados para serem mal educados. Um horror!

  18. O Supermarket de Saracuruna em Duque de Caxias, vende carne já moída e se você pedir para moer na hora eles cobram mais caro pelo quilo. As carnes, queijos, sempre tem etiqueta de validade colada uma por cima da outra.

  19. Moro em Pedra de Guaratiba, no Rio de Janeiro, e aqui não temos opção nem de preço e nem de qualidade. Pagamos caro, acima dos valores cobrados pelas mesmas redes na Barra da Tijuca, área nobre da cidade, por produtos inferiores. As carnes são mal acondicionadas, sem refrigeração adequada e por vezes com mau cheiro, além de caríssimas. Por vezes aparece a fiscalização sanitária, que acaba multando, enfim, tentando sensibilizar no que é mais caro aos comerciantes inescrupulosos: o bolso. Mas não adianta, pois passa um tempinho e voltam a fazer as mesmas coisas.

  20. Só sei que essa fiscalizações deveriam se tornarem ações bem comuns, pois nosso país tem leis porém o que as tornam desrespeitadas é falta de caráter e educação de respeitar o próximo mesmo. Essa atitude repugnante de quem tanto tem querer continuar ganhando encima do povo humilde.
    Na minha opinião… Pobres são eles com esse espírito de ? porcos.

  21. Já era tempo e difícil isto acontecer que continue essas fiscalizações tem que vir aqnas redes bom preço santiago precisando ser fiscalizado com urgenciaui nos mercados de Duque de caxias

  22. Guanabara São Gonçalo só vende a carne pré moída e
    vários produtos na loja fora de validade e no final da fiscalização aparece 7kg,5kg,3kg isso é Brasil

  23. Supermarket de Bonsucesso, sem higiene alguma. São vendidos alimentos estragados… Alteram os data de fabricação e só notamos ao chegar em casa.

  24. O Hipermercado Extra da ilha do governador, o ar condicionado não tem, minha mãe passou mal e desmaiou lá dentro por ser muito abafado, já comprei pizza da casa moldada, queijos com bolor de mofo, o açougue fedendo a podre, ontem fui comprar pão lá e estava verde o pão, não tem funcionários insuficiente para atender a demanda de clientes, não sei nem pq esse mercado ainda está aberto.

  25. O e a vigilância sanitária tem que fazer uma fiscalização no supermercado economia de São José de Imbassaí Maricá eles fazem propaganda enganosa , preços com intenção de enganar o cliente , preços diferentes do anunciados pelos meios de comunicação.

  26. Façam uma visita nos SuperMarket da Vila do João e no Pechinchete da Vila do Pinheiro.O SuperMarket tem preços mega alto,sujeira nas gondolas do Hortifruti e o Pechinchete mais parece um necroterio devido ao cheiro de carne e legumes podres do que de um supermercado.

  27. Seria interessante o Procon ou qualquer outra autoridade fazer uma visita ao SuperMarket da Vila do João e ao Pechinchete da Vila do Pinheiro.Preços super altos,muita sujeira na área do Hortifruti ( no caso do SuperMarket) e no Pechinchete o cheiro ruim por lá é tão forte que as vezes é pior que cheiro de necrotério.Estamos refém porque simplesmente são dois mercados grandes que tem aqui,mas que fazem o que querem,só faturam e não tem um mínimo de limpeza e organização.Acho que se sentem seguro por aqui ser uma comunidade e acharem que a fiscalização não chegará aqui.

  28. O EXTRA DA ILHA DO GOVERNADOR VENDE PRODUTOS COM PRAZO DE VALIDADE VENCENDO NO DIA SEGUINTE.
    CARNE MOIDA JÁ PRÉ MOIDA.
    E O AR CONDICIONADO NAO REFRIGERA FAZ 4 ANOS.
    POUCOS FUNCIONÁRIOS, E PRODUTOS REFRIGERADOS, COMO CARNES E QUEIJOS, ABANDONADOS PELAS GÔNDOLAS E CAIXAS

  29. Vale uma visita ao Mercado Valqueire na rua Luiz Beltrão, quase em frente à Praça Saiqui. As bancadas de frutas e legumes são Play Ground de inúmeras baratinhas, que circulam entre os produtos.

  30. Já reclamei e não adianta: Prezunic da Dias da Cruz, Méier, faz promoções no aplicativo sem as mercadorias na loja e pegam o consumidor nas armadilhas nos preços e não adianta pedir ajuda ao gerente pq além de mal educado , é conivente.

  31. Venham na rede do super market que fica localizada na estrada do Iguaçu em Nova Iguaçu. Lá vocês vão ver muitas irregularidades tais como: manuseio de carne irregular, produto com data vencida no setor de vendas etc.. Ninguém vem vistoriar este supermercado?

  32. Visitem o Supermercado Mundial no Caçula na Ilha do Governador…fui comprar leite integral em promoção pirem só havia desnatado.

  33. Comprei uma carne moída no rede econômica em frente ao Túnel de Anchieta, a mesma estava cheia de pedaço de ossos, foi para o lixo, infelizmente não tive tempo para ir ao mercado devolver, carne cara do jeito q está, e ainda passar por isso

  34. Visitem o supermercado intercontinental de vista alegre Rio de janeiro, estrada da água grande, fui compra um saquinho de cebolinha e estava a $ 1.99 em outra bancada a mesma cebolinha a $ 2,45, O funcionário do setor falou pra chamar ele na hora de passar as compras só que ele sumiu e não levei, no mesmo dia a caixa registrou o Knorr que estava a $ 1,45 por $ 2. 45…. E fora que meu filho comprou uma margarina vigor no dia estava a $ 4.99 e a caixa registrou por $ 7.98…eu ia reclamar e terminei perdendo a nota fiscal… Esses são bons motivos pra dar uma fiscalizadas não só no inter como em outros estabelecimento da Área, como o açougue e mercadinho do se Manoel que fica após ao restaurante Brutu’s.

  35. Existe um mercado da, REDE ECONOMIA, estrada do campinho, em Santa Margarida, Cosmos. Eles colocam carnes ruins p os clientes.
    Recentemente fui ao mercado comprar carnes p um churrasco de dia dos pais, tinha uma embalagem fechado de linguiça, SEARA, e ao redor, no mesmo espaço, linguiças espalhadas. Estavam todas ruins, pegajosas e com mal cheiro, totalmente diferente de uma fresca. No mesmo momento comprei frango, que depois de assado foi para o lixo, pois, ao morder o sabor era de estragado, assim foi meu churrasco de dia dos pais, lamentável e decepcionante. Seria bom e louvável uma fiscalização. Há outros erros, como promoção de kit de produtos, que se comprados em separados, sai mais barato.

  36. Supermercados unidos, da vila São João em São João de Meriti também tem carne moída nas prateleiras, e verifiquem os presos abusivos, e Logo a frente no jardim paraíso, tem outro mercado ainda e pior da uma passadinha lá

  37. Tem que ir também urgentemente no Supermarket de nova Brasília no complexo do alemão, lá também vende carne moída de cor esquisita na vitrine e salgados molhados cheio de sal, fora as carnes que compra, quando coloca pra cozinhar fica espumando como se fosse detergente pra lavar uma panela com gordura. É na favela e fazem isso muito mais, ninguém aparece por lá e aproveitam os moradores da comunidade.

  38. Procon tem q ir no multimarket da rua Sacadura Cabral ,,no bairro saúde,,comprei umas linguiças pra churrasco,,qnd cheguei em casa q fui olha ,,tudo podre…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui