Foto: Divulgação

Cerca de 5% das pessoas que receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na cidade do Rio de Janeiro não voltaram para tomar a segunda dose do imunizante dentro do prazo definido. A orientação do Ministério da Saúde é que todos que estejam com a segunda dose atrasada devem buscar um posto de vacinação para completar a imunização.

Esse dado considera apenas as pessoas que receberam a primeira dose da Coronavac, pois o intervalo entre as aplicações é de 14 a 28 dias. Já a vacina Oxford/Astrazeneca tem um intervalo de até 90 dias para a aplicação da segunda dose, portanto, as taxas de abandono só podem ser calculadas a partir do final deste mês.

Ao todo, a Prefeitura do Rio já aplicou mais de 1,4 milhão de doses, sendo mais de 295 mil como segunda dose. Cerca de 17% dos cariocas e quase 80% dos idosos acima de 60 anos do Rio já receberam a primeira dose do imunizante.

No último fim de semana, também foi divulgado que, no estado do Rio, mais de 20% da população que recebeu a primeira dose da vacina contra Covid-19 não compareceu para ser imunizada na segunda etapa da vacinação. Com mais de 1 milhão e meio de pessoas vacinadas, o estado ocupa a 5ª colocação entre os mais tiveram abstenções, ficando atrás apenas do Amazonas (31,31%), Roraima (26,12%), Sergipe (22,97%) e Acre (21,11%). Os números foram extraídos do DataSUS, sistema de informações do Ministério da Saúde.

Especialistas alertaram sobre a importância da segunda dose, afirmando que quem perdeu o prazo deve requerer a dose faltante o quanto antes e pedindo que as pessoas se atentem à data, pois esse percentual de abandono é preocupante.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui