Chico Alencar na época em que era deputado federal - Foto: Divulgação/PSol

Candidato do PSol ao Senado nas eleições de 2018, o ex-deputado federal Chico Alencar anunciou, nesta quarta-feira (08/07), sua pré-candidatura ao cargo de vereador da cidade do Rio de Janeiro no pleito deste ano, que será realizado em novembro. Agora, segundo ele, a decisão está nas mãos do partido.

Francisco Rodrigues de Alencar Filho, mais conhecido como Chico Alencar, tem 70 anos, é formado em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e tem mestrado em Educação pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Na vida acadêmica, foi professor nos ensinos fundamental e médio nas redes pública e privada do RJ.

Ingressou na política em 1989, quando se tornou vereador do Rio de Janeiro, ocupando o cargo até 1996. Posteriormente, de 1999 a 2002, foi deputado estadual. Desde 2003, entretanto, passou para o âmbito federal, ocupando uma das cadeiras do Congresso Nacional por 4 mandatos consecutivos. Em 2018, concorreu ao Senado e acabou não sendo eleito.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

1 COMENTÁRIO

  1. Sempre foi uma boa pessoa e bom político intencionado.
    Embora em seus mandatos federais mais tenha atuado em pauta nacional que defendendo interesses efetivamente do povo fluminense (a maioria é assim!)
    Veja que se candidatou ao Senado, mas as duas vagas foram preenchidas por Flávio Bolsonaro e Arolde de Oliveira. O outro Senador é o Romário.
    – não podia ser pior a representação do RJ no Senado. Isso resulta na péssima defesa dos interesses do estado. Por isso que estão colocando a corda no pescoço do RJ faz tempo, seja na questão dos royalties, retirada das refinarias do estado, corte de investimentos e cláusulas abusivas no plano de recuperação fiscal do estado.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui